Mutirão de cirurgias ortopédicas supera 300 atendimentos no Hospital Memorial

Ainda em mutirão de cirurgias ortopédicas, o Hospital Memorial já realizou mais de 300 procedimentos desde que normalizou o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) no último dia 23, após mais de 40 dias paralisado em Hospital Memorialvirtude do atraso no pagamento dos governos estadual e municipal. O mutirão acontece de segunda a sábado, com vista em atender mais de 150 pessoas que aguardavam cirurgia nos hospitais Walfredo Gurgel, João Machado e Deoclécio Marques, além das que esperavam em casa.

O atendimento é realizado apesar de o hospital novamente não ter recebido os repasses das verbas estaduais e municipais. A dívida do Estado volta a superar os R$ 3 milhões, relativos aos meses de fevereiro, março e abril. Já o município acumula dois meses de débito – março e abril – que soma R$ 1,6 milhão.

No final de maio, foram recebidos R$ 1,4 do orçamento estadual e R$ 816 mil do orçamento municipal, valores que abateram a dívida anterior e proporcionaram ao Memorial retomar as cirurgias ortopédicas. A diretoria da instituição espera que seja cumprido o cronograma definido em reunião com os secretários de saúde das duas esferas, para evitar a necessidade de novas paralisações.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!