Home Agenda Cultural Museu de Cultura Popular sediará lançamento de documentários sobre poetas populares

Museu de Cultura Popular sediará lançamento de documentários sobre poetas populares

Museu de Cultura Popular sediará lançamento de documentários sobre poetas populares
0

Na próxima quinta-feira (20), o Coletivo Caminhos Comunicação & Cultura apresenta ao público potiguar a série de documentários Cordelíricas Nordestinas, composta por 14 episódios de curta duração, com três minutos cada. O projeto será lançado no Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, no bairro da Ribeira, às 15h30, com a exibição de alguns episódios e um bate-papo com a equipe de produção. O projeto foi viabilizado pela Prefeitura do Natal, por meio do edital Literatura de Cordel 2014, que estimula a produção de projetos que contribuam para a área.

A série Cordelíricas Nordestinas tem como objetivo principal contribuir com a valorização da Literatura de Cordel do Nordeste brasileiro, com a exibição do perfil e a poesia de poetas populares que se destacam no segmento da poesia popular.

Em cada episódio será revelado o perfil de cordelistas e poetas nordestinos em formato e linguagem adequados à veiculação na Televisão aberta e fechada e na internet, privilegiando a obra e um pouco da história de cada um dos participantes da série. Todos os episódios serão disponibilizados na internet, pelo canal TV Caminhos no Youtube, e posteriormente também serão veiculados na televisão.

O primeiro episódio apresenta a série e nos episódios seguintes o público vai conferir a história e os versos de 13 poetas populares, com destaque para os poetas reconhecidos no cenário da poesia popular do Rio Grande do Norte. Entre os potiguares estão Antônio Francisco, o repentista José Ribamar e o cordelista Luís Campos, de Mossoró, Crispiniano Neto, Xexéu, José Acaci e o poeta Lacerda, que mora em Campo Grande-RN.

Também fazem parte da série os pernambucanos José Edinaldo dos Santos, mais conhecido como o Ceguinho Aboiador e Abaeté, que atualmente coordena a Casa do Cordel, em Natal. Os paraibanos Bráulio Tavares e Rosa Régis, e representando o gênero da cantoria de viola, a dupla Mocinha de Passira e Minervina.

A série Cordelíricas Nordestinas é um dos diversos projetos desenvolvidos pelo Coletivo Caminhos Comunicação & Cultura, que neste ano de 2015 completa 10 anos de atuação, contribuição e fomento para o segmento do audiovisual com ênfase na cultura popular do Estado do Rio Grande do Norte. A série inaugura os eventos de comemoração e posteriormente será divulgada a programação de eventos para marcar a data.

O projeto foi iniciado em 2012, com a produção de um documentário que reuniu de forma lírica as diversas formas de expressão da Literatura de Cordel.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!