Home Notícias Mundo Mulher com marcapasso morre após passar por detector de metais em aeroporto

Mulher com marcapasso morre após passar por detector de metais em aeroporto

Mulher com marcapasso morre após passar por detector de metais em aeroporto
0

Uma mulher de 30 anos de idade, equipada com um marcapasso, entrou em colapso e morreu nos braços de seu marido minutos após passar por um detector de metais de um aeroporto na Rússia. Diana Tolstova estava viajando com seu marido, Maxim, quando o scanner no aeroporto Internacional de Baikal em Ulan-Ude, fez com que o dispositivo implantado nela não funcionasse corretamente. As informações são do Daily Mail.

Diana Toslova morreu após passar por um detector de metais em um aeroporto na Rússia. Foto: Reprodução/Daily Mail
Diana Tolstova morreu após passar por um detector de metais em um aeroporto na Rússia. Foto: Reprodução/Daily Mail

Maxim disse que sua esposa queixava-se de tonturas quando o casal chegou no seu portão de embarque e, em seguida, entrou em colapso. Ele disse que pediu ajuda, mas afirma que o médico não conseguiu chegar a sua esposa no tempo necessário. Quando a assistência médica chegou, ele alega que os médicos não tinham certeza do que fazer e que não deram a sua esposa qualquer tratamento de primeiros socorros – e eles não chamaram uma ambulância.

Acredita-se que as ondas eletromagnéticas causaram a falha no marcapasso de Diana. Maxim disse a uma agência europeia de notícias que o casal tinha entregado os papéis para o aeroporto para explicar que sua esposa estava equipada com o dispositivo elétrico que controla o ritmo do coração. “Eu não sei o que aconteceu, mas ela passou pelo detector de metais de qualquer maneira”, disse ele ao Mail Online. “Quando chegamos ao portão de embarque, ela começou a sentir tonturas e de repente, desmaiou”. Funcionários do aeroporto estão investigando o incidente.

“Aos seguranças e funcionários do aeroporto são dadas instruções rigorosas sobre como lidar com as pessoas com marcapasso, e avisá-los para nunca deixar que um utente passe por um detector de metais”, disse um porta-voz do aeroporto. “Em circunstâncias normais, eles vêem seus papéis e deixam-los passar. Neste caso, o paciente parece ter esquecido tanto sobre isso, não sabia ou ficou confuso com a segurança do aeroporto, mas cada paciente recebe um aviso rigoroso”.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!