Ministro diz que fosfoetanolamina só será distribuída se Anvisa comprovar efeito

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou nesta segunda-feira (16), durante visita à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), que, caso o resultado dos estudos sobre os efeitos da fosfoetanolamina, conhecida como pílula do câncer, não comprovarem sua eficácia, a droga não será incluída na Relação Nacional de Medicamentos (Rename) e não será distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo estando liberada por projeto de lei.

“A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está fazendo os estudos. Pedi agilidade à Anvisa não só nesse caso, mas em vários outros nos quais precisamos rapidamente aprovar medicamentos novos e princípios ativos. A Anvisa precisa nos garantir mais agilidade, com segurança e proteção ao consumidor”.

O secretário estadual de Saúde, David Uip, informou que, assim que o laboratório responsável por produzir a fosfoetanolamina entregar o material, o governo paulista encapsulará rapidamente a droga e em prazo de seis meses já haverá resultados.

“É a primeira pesquisa que há e daqui a pouquíssimo tempo teremos os resultados definitivos”. Uip declarou ainda que deve ter reuniões com o ministro quarta (18) e quinta-feira (19).

Da Agência Brasil

você pode gostar também

  • Gilberto de Assis ribeiro

    Senhor Ministro, gostei de vê-lo falar da fosfoetanolamina sintética, mas para sua efetivação como cura dos meus irmãos dessa estupida doença, a primeira coisa que precisa ser feita é tirar todas as pessoas dentro da Anvisa que interferem de forma negativa o funcionamento desta agencia veja o acontecido:
    “O gerente-geral de toxicologia da ANVISA, Luís Cláudio Meirelles, foi exonerado do cargo nesta quarta-feira (14). Segundo carta divulgada hoje, o pesquisador que trabalhava há 12 anos na ANVISA, denunciou irregularidades graves na liberação de agrotóxicos. “As graves irregularidades envolveram o deferimento de produtos sem a necessária avaliação toxicológica, falsificação de minha assinatura e desaparecimento de processos em situação irregular.”
    Ele foi punido!
    Imploro faça uma devassa nessa agencia retire todos os ratos do governo passado transvestido de” anjinho”.

  • Sr. Presidente e Sr. ministro na admissão do impeachment no senado, o Senador Ivo Cassol falou da fosfoetanolamina sintética e rezo que essa sua luta se alastre nesse novo governo, com uma rapidez tão grande que possa distribuir a todos brasileiros, a tempo de frear e acabar com a metastes que se alastra nos corpos de nossos familiares e amigos.
    Peço e rezo que para que o Srs. entre nessa luta e seja estancada, tão mais rápido que a metastes no corpo de meu irmão, e que ela seja distribuída por todos estados do brasileiros, vencendo todas as barreiras inclusive a própria a Anvisa.
    Cabe ainda lembrar fatos acontecidos dentro da própria Anvisa.”O gerente-geral de toxicologia da ANVISA, Luís Cláudio Meirelles, foi exonerado do cargo nesta quarta-feira (14). Segundo carta divulgada hoje, o pesquisador que trabalhava há 12 anos na ANVISA, denunciou irregularidades graves na liberação de agrotóxicos. “As graves irregularidades envolveram o deferimento de produtos sem a necessária avaliação toxicológica, falsificação de minha assinatura e desaparecimento de processos em situação irregular.” Ele foi punido!

  • Márcia Araújo Gonçalves

    Sr Ministro, e quanto as pessoas que estão lutando pelo uso compassivo desde setembro? Essas pessoas, inclusive minha filha, está esperando esta última esperança em cápsulas? Dá para o senhor imaginar um filho esperando a última esperança desde setembro 2015? Então imagina, e solta a fosfoetanolamina para quem ainda aguentar esperar!!!

  • Samuel Tavares

    O perigo é o cidadão com câncer continuar o tratamento “convencional” dele, nisso incluídas a QUIMIOTERAPIA e a RADIOTERAPIA, e pretender tomar a fosfoetanolamina sintética. É que o Dr Gilberto afirma que é imprescindível para o sucesso do tratamento com a fosfoetanolamina sintética que o SISTEMA IMUNOLÓGICO e o FÍGADO do paciente estejam intactos e em funcionamento regular. Ocorre que a quimioterapia e a radioterapia destroem temporariamente ou inibem o sistema imunológico. Ou seja, quem vai tomar a fosfoetanolamina sintética não deve se submeter a quimioterapia nem a radioterapia nem a qualquer outro tratamento que iniba ou dificulte a ação do sistema imunológico. (Veja: http://youtu.be/C9eaDertY2I ou https://www.facebook.com/samuelsuntuosogalvaode.tavares/posts/212991542414795 a contar do tempo 3m10s) e http://youtu.be/0lcyyHiQlHk ou https://www.facebook.com/samuelsuntuosogalvaode.tavares/posts/215225415524741
    (aqui a contar do temo 4m30s).

    Vale lembrar que nas pesquisas em humanos haverá um grupo chamado de “controle” que vai receber só PLACEBO, e não a Fosfoetanolamina.
    FIQUE ATENTO !

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!