Home Notícias Brasil RN São José de Mipibu Ministério da Saúde libera recursos para construção de UPAs

Ministério da Saúde libera recursos para construção de UPAs

Ministério da Saúde libera recursos para construção de UPAs
Foto: Divulgação / Governo RS
0

O Ministério da Saúde liberou pagamento das parcelas para construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) porte I nos municípios de Ipiaú (BA) e São José de Mipibu (RN).

Os valores são, respectvamente, de R$ 1,76 milhão e de R$ 220 mil. Ambas as unidades têm capacidade de atender, em média, 150 pacientes por dia.

Ipiaú (BA)

O município recebeu a segunda parcela, de R$ 1,76 milhão, do recurso federal para a obra de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) porte I, a primeira da cidade. Além de Ipiaú, a proposta de construção da UPA também inclui os municípios de Ibirataia (BA), Barra do Rocha (BA), Aiquara (BA), somando 76.262 pessoas que passarão a ser assistidas com mais agilidade nos casos de urgência e emergência através dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Com a segunda parcela o Ministério da Saúde já soma R$ 1,98 milhão de repasses federais para a construção dessa UPA, que vai ficar em R$ 2,2 milhões após o repasse da terceira e última parcela mediante comprovação do andamento da obra.

São José de Mipibu (RN)

No caso de São José de Mipibu, a proposta de construção da UPA também inclui o município de Nísia Floresta (RN), somando 72.592 pessoas que passarão a ser assistidas com mais agilidade nos casos de urgência e emergência através dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Com a terceira parcela, de R$ 220 mil, o Ministério da Saúde conclui o total de repasses federais para a obra, que ficou em R$ 2,2 milhões. Agora, a UPA de São José de Mipibu entra na fase de contratação de recursos humanos e aquisição de equipamentos.

Após o início dos atendimentos, a secretaria municipal de Saúde poderá solicitar a contrapartida federal de custeio mensal ao Ministério da Saúde. Depois de habilitada, a UPA passa a receber R$ 100 mil por mês. Se qualificada, o custeio mensal passa a ser de R$ 170 mil mensais.

Atendimento 24h

As Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ficam abertas 24 horas e são um intermediário entre as Unidades Básicas de Saúde e os hospitais. Estão equipadas para socorrer pessoas com problemas de pressão, febre alta, cortes, infartos e outras ocorrências de média complexidade, evitando que estes pacientes sejam encaminhados aos prontos-socorros dos hospitais.

Nas UPA, o paciente é avaliado de acordo com a classificação de risco, podendo ser liberado ou permanecer em observação por até 24 horas. Se necessário, a pessoa será encaminhada a um hospital de referência.

Atualmente, existem 491 unidades em funcionamento no Brasil. As unidades de porte I (que cobrem uma população de até 100 mil pessoas) devem contar com, no mínimo, dois médicos das 7h às 19h e dois médicos das 19h às 7h.

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!