Mesmo polêmico, presidente filipino tem 76% de aprovação

(ANSA) – Apesar das críticas internacionais por sua política severa e sanguinária contra o tráfico de drogas, o governo do presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, tem 76% de aprovação.

O número é de uma pesquisa local, que mostrou também que 88% dos moradores da cidade de Davao, onde o hoje chefe de Estado foi prefeito por 22 anos, aceitam as decisões de Duterte.

Além de ser conhecido pela “tolerância zero” contra o tráfico de drogas, o presidente alcançou altos índices de popularidade também pela ênfase no patriotismo, usado para se defender contra a onda de denúncias de violação dos direitos humanos.

No início de setembro, Duterte causou polêmica por ter chamado o mandatário norte-americano, Barack Obama, de “filho da p…” quando questionado sobre execuções de traficantes. Pouco depois, ele também ofendeu a União Europeia e mandou a direção do bloco “se f…”. Por fim, se comparou ao líder nazista Adolf Hitler, relacionando sua política antidrogas com o extermínio de judeus.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!