Home Notícias Política Mesmo com saída de Cid Gomes, Dilma diz que não fará reforma ministerial

Mesmo com saída de Cid Gomes, Dilma diz que não fará reforma ministerial

Publicidade

Mesmo com saída de Cid Gomes, Dilma diz que não fará reforma ministerial
Dilma Rousseff anuncia que não terá reforma ministerial. Foto: Reprodução/NBR
0
Publicidade

Mesmo com a saída de Cid Gomes do MEC, a presidente Dilma Rousseff afirma que não fará uma reforma ministerial, como muitos previam. O anúncio foi feito pela presidente nesta quinta-feira (19) em uma coletiva de imprensa. Segundo a presidente, não há “perspectiva” para alterar “nada nem ninguém”.

O ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão nesta quarta-feira (18) após participar de uma sessão tensa na Câmara dos Deputados, na qual atacou o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e deputados que considera oportunistas. Dilma disse a jornalistas que a troca no comando da pasta será feita “o mais rápido possível.”

“Vocês [imprensa] estão criando uma reforma no ministério que não existe. São alterações pontuais. Eu estou fazendo uma alteração pontual. […] Eu não tenho perspectiva de alterar nada nem ninguém, mas as circunstâncias às vezes obrigam você a alterar, como foi no caso do Ministério da Educação. Não tem reforma ministerial”, afirmou Dilma.

Questionada sobre se o Ministério da Educação será “devolvido” ao PT ou “entregue” ao PMDB, Dilma respondeu que não irá incluir a pasta na divisão partidária na Esplanada, já que, segundo ela, a pasta é um dos ministérios “mais importantes do país”.

“O MEC não é dado para ninguém. O MEC é um dos ministérios mais importantes do país porque eu tenho o compromisso de construir um caminho para a educação brasileira dando mais passos do que nós já demos”, afirmou. Ao enfatizar que não fará uma reforma ministerial, Dilma voltou a dizer que o Brasil tem “todas as condições” de superar as dificuldades.

“Não adianta vocês [jornalistas] ficarem perguntando se tem reforma ministerial porque não tem reforma ministerial. Eu não vou fazer. Reforma ministerial é uma panaceia, ou seja, não vai resolver os problemas. O que resolve os problemas nós estamos colocando em prática”, enfatizou.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!