Menino espanhol cura Síndrome de West ao usar canabidiol

(ANSA) – Uma entrevista ao jornal espanhol “El Mundo” voltou a abrir o debate sobre o uso do canabidiol, derivado da maconha, na Espanha. Isso porque a mãe de um menino de dois anos e meio, que não foi identificada, afirmou que seu filho foi “curado” após usar o remédio.

Segundo seu relato, a substância é dada diariamente para a criança, que sofre de Síndrome de West (uma grave forma de epilepsia), e os resultados são surpreendentes. Ela contou que o menino tinha entre 200 e 250 espasmos por dia e que, agora, o encefalograma voltou à normalidade.

Na Espanha, o uso de derivados de maconha é restrito a tratamentos para esclerose múltipla. No mais, qualquer tratamento que utiliza suas substâncias – como o canabidiol – precisa ser feito na clandestinidade. O Brasil, recentemente, liberou o uso do derivado da maconha para pacientes que sofram com epilepsias. Além daqui, o medicamento é autorizado em metade dos estados norte-americanos e no Canadá. Porém, a maioria dos países europeus proíbe o uso da substância.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!