Home Notícias Mundo Menina “volta à vida” após se afogar e ficar 12 minutos sem batimentos cardíacos

Menina “volta à vida” após se afogar e ficar 12 minutos sem batimentos cardíacos

Publicidade

Menina “volta à vida” após se afogar e ficar 12 minutos sem batimentos cardíacos
Foto: Reprodução / Facebook
0
Publicidade

Uma garota de apenas três anos de idade deixou os médicos e sua família espantados após “voltar à vida” depois de se afogar em uma piscina e passar doze minutos sem sinais de vida.

A família Nipper, de Cape Girardeau, Missouri, estava comemorando uma festa na piscina com os amigos no dia 29 de julho, quando o trágico acidente ocorreu. Alise Nipper não dava sinais de vida quando foi retirada da água, mas sua mãe Jamie estava determinada em salvar sua filha, que passou 12 minutos “sem vida” até que houve um piscar de olhos.

Apesar de sofrer lesões traumáticas, dentro de semanas, Alise desafiou todas as expectativas ao fazer uma recuperação completa e até voltou à piscina menos de dois meses depois.

No dia em questão, Jamie Nipper e sua filha Alise passaram algumas horas na piscina, mas ao sair, ela viu apenas o colete salva-vidas da sua filha e entrou em desespero. Em completo estado de pânico, ela procurou a piscina até que ela avistou Alise e puxou-a da água.

Alise passou 12 minutos sem batimentos cardíacos após se afogar na piscina (Foto: Reprodução / Facebook)
Alise passou 12 minutos sem batimentos cardíacos após se afogar na piscina (Foto: Reprodução / Facebook)

Ela desesperadamente esperava que a menina não tivesse passado muito tempo dentro da água, mas logo percebeu que não havia sinais de vida na garotinha. Nipper, com a ajuda de um amigo, começou imediatamente uma reanimação cardiorrespiratória (CPR) em Alise, mas o enfermeiro disse que ela tinha “pouca esperança”.

A criança não tinha pulso e havia pouca esperança, mas eles continuaram por 12 minutos e, de repente, houve uma batida de coração. A mãe de Alise foi “surpreendida” e a menina foi levada para o hospital viva, mas em estado crítico.

Em pouco tempo Alise saiu do hospital (Foto: Reprodução / Facebook)
Em pouco tempo Alise saiu do hospital (Foto: Reprodução / Facebook)

No Hospital Cardinal Glennon Children em St. Louis, o médico Jeremy Garret disse que tanto seu corpo quanto o seu cérebro estavam seriamente feridos. “Seus pulmões assumiram uma lesão grave, que continuou a ser um problema”, disse Garret a KFVS-TV.

Um amigo da família em Cape Girardeau criou uma página no Facebook pedindo para as pessoas rezarem por um milagre. E depois de apenas seis dias no hospital, Alise mostrou sinais de melhora, acordou e começou a falar – e cantar. Dentro de duas semanas ela já estava em casa.

Agora, parece que o acidente, que Alise não consegue se lembrar, mal afetou a jovem física ou mentalmente. Dr. Garrett acrescentou: “O fato de seu cérebro voltar a ser  mais funcional é espantoso. Oração, sorte e intervenção divina foram os fatores-chave”.

Chris Nipper, pai de Alise, disse que está “extremamente grato” pela oportunidade de ter mais tempo com sua filha. E a mãe está determinada a espalhar a sua história e exortar outros a obter a sua certificação de CPR. 

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!