Líderes do ‘Sindicato do Crime’ são transferidos para Penitenciária Federal

Durante a noite desta segunda-feira (1), cinco detentos apontados como líderes da facção criminosa Sindicato do Crime do RN, responsável pela série de atentados ocorridos nos últimos dias em diversas cidades, foram transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró .

A transferência foi realizada sob forte escolta, contando com equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os presidiários eram internos da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), cuja instalação de bloqueadores de celular na unidade provocou a represália dos bandidos contra a população.

De acordo com o governador Robinson Faria, estão previstas ainda pelo menos 20 transferências de outros presos para presídios federais. A medida faz parte da série de ações adotadas pelo governo no enfrentamento ao crime organizado no Estado.

Forças armadas

No domingo (31), Robinson solicitou à presidência da República o envio de tropas federais para aumentar a segurança nas ruas. A partir desta terça-feira (02), já começam a chegar os 1.200 militares – sendo 1000 integrantes do Exército e 200 Fuzileiros Navais – destinados para o RN.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!