Libéria é declarada livre de ebola pela OMS

(ANSA) – País mais atingido pela atual epidemia do vírus ebola, a Libéria foi declarada oficialmente livre da doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A nação africana obteve esse status após ficar 42 dias sem registrar casos da febre hemorrágica, algo que a OMS chamou de uma “conquista monumental”. Durante o pico dos contágios, entre agosto e setembro de 2014, a Libéria chegou a ter de 300 a 400 contaminações por semana.

“Naqueles dois meses, a capital [Monróvia] foi teatro de algumas das mais trágicas cenas da epidemia: portões fechados em centros de tratamento superlotados, pacientes mortos no chão dos hospitais, corpos deixados nas ruas durante dias”, diz um comunicado da organização.

O ebola contaminou 10.564 pessoas no país, das quais 4.716 morreram. Ao todo, a epidemia já deixou 11.020 vítimas, segundo o último balanço da OMS, e continua ativa em Serra Leoa (3.903 mortos) e Guiné (2.386). Também foram registradas mortes em Nigéria (oito), Mali (seis) e Estados Unidos (uma).

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!