Home Notícias Mundo Japão decide não pagar para o Estado Islâmico o resgate necessário para libertar dois reféns

Japão decide não pagar para o Estado Islâmico o resgate necessário para libertar dois reféns

Japão decide não pagar para o Estado Islâmico o resgate necessário para libertar dois reféns
Foto: YouTube video/GO4FUN Footage
0

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, reiterou durante a conversa telefônica com o seu homólogo britânico, David Cameron, que o país não vai pagar nenhum resgate para os dois reféns japoneses detidos pelo Estado islâmico. As informações são do Actualidad RT.

O Japão permanecerá aderido aos seus compromissos assinados junto ao G8 em junho de 2013 (na Irlanda do Norte), segundo a qual rejeito o pagamento de resgate para terroristas, relatou o The IndependentNa terça-feira (20), o Estado Islâmico publicou um vídeo em vários sites de extremistas, mostrando os dois reféns japoneses e exigiu $ 200 milhões para as suas vidas.

Os sequestrados, identificados como Haruna Yukawa e Kenji Goto Jogo, aparecem ajoelhados e vestidos com um macacão laranja que já é frequente nos vídeos do EI, enquanto as ameaças são efetuadas por um combatente.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!