Imigração cubana dispara após retomada de relações com EUA

(ANSA) – O número de cubanos que imigraram para os Estados Unidos subiu mais de 75% desde o final do ano passado, coincidindo com o período em que a duas nações deram início ao processo de retomada de relações, apontou sondagem.

O Centro Pew de Pesquisa informou, citando dados dos Serviços Alfandegários e de Proteção de Fronteiras norte-americanos, que entre outubro de 2014 e junho de 2015, entraram 27.296 cubanos nos Estados Unidos. A cifra representa um aumento de 78% se comparado ao mesmo período do ano anterior, quando 15.341 cubanos entraram no país.

A maior migração aconteceu entre janeiro e março, após o anúncio de restabelecimento das relações entre Havana e Washington, quando 9.371 cubanos deixaram a ilha. Calcula-se que atualmente cerca de 2 milhões de pessoas de origens cubanas vivam nos Estados Unidos, especialmente na região de Miami, Flórida.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!