Iceberg com mais de um trilhão de toneladas se desprende da Antártida

Denominado A68, iceberg tem área 3,8 vezes maior que a cidade de São Paulo

Um iceberg com 5,8 mil quilômetros quadrados se desprendeu do segmento Larsen C da Antártida, mudando completamente a paisagem da Península Antártica, segundo informaram hoje (12) os cientistas que vigiam sua evolução.

Em comunicado, os especialistas do projeto Midas, da Universidade Swansea, do País de Gales, afirmaram que o desprendimento aconteceu entre 10 e 12 de julho. A informação é da Agência Télam. O iceberg, que deve ser denominado A68, pesa mais de um trilhão de toneladas, segundo o Midas, e tem área 3,8 vezes maior que a cidade de São Paulo.

Atualmente, ele está à deriva no mar de Weddell. O A68 tem metade do tamanho do iceberg B15, que rompeu da plataforma de gelo Ross em 2000.

De acordo com a Agência Espacial Europeia (ESA), este é um dos maiores icebergs que se desprenderam da plataforma de gelo da Antártida desde que os registros começaram, no início dos anos 90. O desprendimento deste iceberg é particularmente importante porque, de acordo com a ESA, pelas suas dimensões poderia “representar uma ameaça para o transporte marítimo”.

O colapso da Larsen C é parte de uma tendência mais ampla de redução de plataformas de gelo na região, que os cientistas apontam para efeitos do aquecimento global. No entanto, o lançamento do iceberg não irá elevar os níveis do mar significativamente.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!