Home Notícias Tecnologia Hackers usam falsa promoção do Carrefour para infectar brasileiros

Hackers usam falsa promoção do Carrefour para infectar brasileiros

Hackers usam falsa promoção do Carrefour para infectar brasileiros
0

Uma pretensa participação em pesquisa do consumidor via WhatsApp tem levado muitos usuários de smartphones a ter seu equipamento invadido por cybercriminosos em todo o Brasil. De acordo com dados da PSafe, o mais novo golpe na praça tem utilizado a marca do varejista Carrefour e impactou mais de oito milhões de pessoas em todo o país.

Segundo especialistas da companhia, uma mensagem solicita a participação em uma pesquisa e oferece a chance ao participante de receber um vale-compra no valor de R$500,00 da loja. Ao clicar no link, no entanto, o usuário acessa uma página maliciosa, resultando na invasão de seu smartphone.

Por meio de nota enviada ao Portal N10, o Carrefour esclarece que a página de promoções, brindes e vale-presentes, criada recentemente em nome da companhia, não pertence à empresa. A rede reforçou ainda que suas promoções são divulgadas exclusivamente por meio de inserções publicitárias ou por meio do site e dos canais oficiais nas redes sociais  (Twitter, Facebook, Instagram e Youtube). “A empresa, que avalia as providencias cabíveis, reitera ainda seu compromisso com os clientes e conta com a colaboração de todos para que quaisquer páginas ou perfis falsos, que usem indevidamente o nome da rede, sejam denunciados ao SAC (Serviço Amigo do Cliente) pelo telefone 0800 724 2822”, conclui a nota.

Especialistas em segurança da PSafe explicam que este tipo de golpe tem sido cada vez mais frequente por não requerer alto nível de conhecimento técnico por parte dos hackers e ter alta disseminação, já que muitas pessoas têm o hábito de divulgar promoções para seus conhecidos sem checar se é verídica ou não. Além disso, os hackers aproveitam-se da popularidade de grandes marcas para atrair um maior número de vítimas.

Este golpe específico é dividido em quatro etapas:

1) O primeiro passo é a disseminação da falsa promoção entre grupos e contatos de WhatsApp, com um link que redireciona o usuário para uma página com informações falsas do Carrefour;

2) Em seguida, a vítima é convidada a responder quatro perguntas, como “Você é um cliente habitual?”, “Você já resgatou cupons de desconto no Carrefour?”, entre outras:

3) O usuário é induzido a compartilhar a falsa pesquisa com 10 amigos via WhatsApp, com a promessa de receber um voucher de R$ 500 para compras na loja;

4) Na quarta e última etapa, a vítima é direcionada para o preenchimento de um cadastro. Ao compartilhar, preencher os dados e divulgar as informações pessoais, pode ter seus dados expostos, ser cadastrado em serviços de SMS pago, baixar um aplicativo malicioso e ter prejuízo financeiro.

A PSafe também listou orientações importantes para evitar cair em golpes online:

Desconfie de promoções exageradas

Quando a promoção não for anunciada nos canais oficiais da marca ou redirecionar o usuário para outras páginas, desconfie. Se mesmo assim quiser participar, certifique-se de que a promoção é real, ao entrar em contato diretamente com a empresa. Nunca disponibilize dados pessoais ou propague links antes de fazer esta checagem.

Tenha um antivírus instalado

O antivírus no celular funciona como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos e impedir que os hackers tenham acesso ao seu aparelho.

Foi afetado? Evite o prejuízo

Caso o usuário ainda não tenha um antivírus instalado no celular e tenha caído no golpe, deve desinstalar o app malicioso, baixar um antivírus e fazer uma varredura. Caso tenha sido cadastrado em algum programa pago de SMS, deve entrar em contato com a operadora e solicitar o cancelamento do falso serviço.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!