Home Notícias Saúde Hábitos saudáveis previnem diabetes

Hábitos saudáveis previnem diabetes

Hábitos saudáveis previnem diabetes
Foto: Reprodução/ Joyce Rouvier
0

No próximo dia 26 de junho, o Brasil comemora o Dia Nacional de Prevenção do Diabetes. No Rio Grande do Norte, segundo dados da pesquisa Vigitel/Ministério da Saúde/2013 (Vigilância de Fatores de Risco por Inquérito Telefônico), o número total de diabéticos é igual a 163.732. Um total de 7,20% da população adulta maior de 18 anos (161.769 pessoas) possui diagnóstico médico de diabetes.

De acordo com o Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), estudos recentes demonstram que em 2025, a população de diabéticos no mundo será o dobro de hoje. O que é levado em consideração para se chegar a essa estimativa é: sedentarismo, obesidade, envelhecimento da população e os hábitos alimentares inadequados.

“A obesidade é a grande responsável pelo aumento da incidência e prevalência do diabetes em todo o mundo. Para afastar os riscos de desenvolver o diabetes, é necessário manter hábitos alimentares saudáveis e praticar atividade física”, disse Severina Oliveira, responsável técnica da DANT.

A nutricionista da área técnica de Alimentação e Nutrição da Sesap, Erika Melo, informou que o diabetes é uma doença que pode ser evitada em 80% dos casos, adotando um estilo de vida saudável. “É preciso diminuir o consumo de alimentos processados e ultraprocessados – como os salgadinhos de pacote, biscoitos recheados e refrigerantes – e aumentar o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, como frutas, verduras e carnes magras. Além disso, a alimentação fracionada, em porções ao longo do dia, consegue controlar a vontade de comer, evitando o ganho de peso corporal”, destacou Erika.

Conforme recomendação do Ministério da Saúde, a prática de atividades físicas, como caminhadas, deve ser diária, com duração mínima de 30 minutos. As pessoas também podem frequentar as academias da terceira idade ou as academias da saúde e adotar no dia-a-dia algumas práticas saudáveis, como subir e descer escadas ao invés de usar o elevador e, para quem anda de ônibus, descer em uma parada antes para caminhar mais.

O Diabetes mellitus é uma doença de causa múltipla, que ocorre quando há falta de insulina ou ela não atua de forma eficaz, causando um aumento da taxa de glicose no sangue (hiperglicemia).

Sintomas do diabetes

Pessoas com níveis altos ou mal controlados de glicose no sangue podem apresentar:

Sede intensa (polidipsia);
Vontade de urinar diversas vezes;
Perda de peso (mesmo sentindo mais fome e comendo mais do que o habitual);
Fome exagerada;
Visão embaçada;
Infecções repetidas na pele ou mucosas;
Machucados que demoram a cicatrizar;
Fadiga (cansaço inexplicável);
Dores nas pernas por causa da má circulação.

Estes sintomas são os mais frequentes e eles não aparecem isoladamente. No Diabetes tipo 1, eles surgem de maneira rápida e no Diabetes tipo 2 eles podem estar ausentes ou aparecem de forma lenta e gradual:

Sede intensa (polidipsia);
Lesões de difícil cicatrização principalmente nas pernas ou nos pés;
Infecções freqüentes (pele, urina e dos órgãos genitais);
Alterações visuais.

Os sintomas muitas vezes são vagos, como formigamento nas mãos e pés. Portanto, é importante pesquisar diabetes em todas as pessoas com mais de 18 anos de idade.

Tipos de diabetes

Tipo 1 – Diabetes mellitus insulino dependente – geralmente ocorre em crianças, jovens e adultos jovens e necessita de insulina para o seu controle;

Tipo 2 – Diabetes mellitus não insulino dependente – é o tipo mais freqüente de diabetes, aparece geralmente após os 30 anos de idade;

Diabetes gestacional

É o tipo que aparece na gravidez, sobretudo se a mulher: tem mais de 30 anos, tem parentes próximos com diabetes, já teve filhos pesando mais de 4 kg ao nascer, já teve abortos ou natimortos, é obesa ou aumentou muito de peso durante a gestação.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!