Home Notícias Brasil SC Governo libera FGTS para famílias atingidas por tornado em SC; Xanxerê decreta estado de calamidade pública

Governo libera FGTS para famílias atingidas por tornado em SC; Xanxerê decreta estado de calamidade pública

Publicidade

Governo libera FGTS para famílias atingidas por tornado em SC; Xanxerê decreta estado de calamidade pública
Telhado de galpão em Ponte Serrada foi completamente danificado (Foto: Rádio Nambá/Divulgação)
0
Publicidade

Nesta terça-feira (21), o ministro do Trabalho, Manoel Dias, anunciou a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para as famílias atingidas por um tornado em Xanxerê, município no Oeste de Santa Catarina, nesta segunda (20). Segundo o ministro, a liberação do FGTS terá início nesta quarta (22). Dias afirmou ao portal do Palácio do Planalto que a iniciativa do governo federal é para que as famílias atingidas tenham condições de dispor de algum recurso para reconstruírem o que foi destruído pelo tornado.

O fenômeno natural deixou dois mortos, 120 feridos e aproximadamente mil pessoas desabrigadas. O prefeito de Xanxerê, Ademir José Gasparini, assinou nesta terça-feira (21) o decreto de calamidade pública na cidade, o governador Raimundo Colombo, deve homologar o pedido.

Também nesta terça, o ministério da Integração Nacional informou que mobilizou uma tropa com 100 homens do Exército para ajudar na remoção dos escombros e na limpeza da cidade catarinense. De acordo com o Palácio do Planalto, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, chegou a Xanxerê no final da tarde desta terça e garantiu apoio do governo federal para reconstrução do município.

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos que formaram o tornado podem ter variado de 100 km/h até 330 km/h por volta das 15h, horário do fenômeno. A escala de classificação de tornados começa em 65 km/h e chega a mais de 500 km/h. O F0 é o mais fraco e o F5 é considerado o mais forte. “Pelas características dos estragos e pela intensidade dos ventos, este deve ficar entre F2 e F3”, disse Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet Brasília.

As informações são do G1.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!