Home Notícias Brasil RN Governo do RN apresenta soluções para o abastecimento de água em Caicó

Governo do RN apresenta soluções para o abastecimento de água em Caicó

Publicidade

Governo do RN apresenta soluções para o abastecimento de água em Caicó
Foto: Demis Roussos
0
Publicidade

A questão do abastecimento de água e solução hídrica foram discutidas neste domingo (8), em Caicó, pelo governador Robinson Faria, em cumprimento à agenda administrativa dedicada ao município. O objetivo foi dialogar com a população, classe política e lideranças do Seridó para encontrar alternativas viáveis para resolver a situação da oferta de água, cuja reserva do estado tem reduzido em virtude de uma das maiores secas da história do Nordeste. “Essa é uma situação que necessita de total atenção. O Rio Grande do Norte enfrenta uma das piores crises hídricas de sua história e precisamos garantir os meios para a população ter acesso à água de qualidade”, disse o governador.

O chefe do Executivo estadual foi acompanhado pelo diretor-presidente da Caern, Marcelo Toscano, dos secretários de Estado da Saúde, Ricardo Lagreca, de Relações Institucionais, Hudson Brito, do diretor-geral do Igarn, Josivan Cardoso, e do deputado estadual Vivaldo Costa.

Durante as conversas, duas possibilidades foram levantadas para regularizar o abastecimento de água em uma das principais cidades do estado. A primeira, que é uma ação bipartite entre Rio Grande do Norte e Paraíba, consiste no desassoreamento do rio Coremas/Mãe D’água por parte do estado vizinho, uma vez que em solo potiguar a iniciativa já foi concluída. O assoreamento de parte do rio que nasce na Paraíba interfere diretamente na oferta de água em Caicó. Outras medidas emergenciais são a perfuração de poços, abastecimento com carros-pipa e instalação de dessalinizadores.

Nesta segunda-feira (9), uma reunião será realizada entre Governo do RN, Exército, Semarh, Igarn, Caern e demais pastas do Executivo estadual para agilizar o processo de desassoreamento com a parceria do governo paraibano e regularizar o fluxo no rio Piranhas-Açu.

A solução definitiva, que já tem o projeto concluído, é a captação da água da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a partir do sistema adutora da Serra de Santana. A obra está orçada em R$ 48 milhões. O governador destacou a relevância da obra, sobretudo se levado em consideração o longo período de estiagem no RN que já dura quase cinco anos. “Vou levar o projeto ao Ministério da Integração para tentar destravar essa obra importante para nosso estado. Já solicitei, inclusive, uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff para tratar exclusivamente da questão hídrica do RN”.

Já no distrito da Palma, o governador entregou uma adutora que capta água da barragem de Carnaúba, em São João do Sabugi. O sistema será administrado pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), e atende 500 pessoas da comunidade, com 130 ligações e 20km de extensão.

“Este era um pleito antigo da população para o nosso governo. Conseguimos agilizar o processo e entregar hoje essa adutora. O que é importante dizer é que as medidas emergenciais e definitivas estão sendo pensadas em conjunto porque não podemos projetar uma medida paliativa sem pensar na segurança hídrica do RN. Não devemos pensar apenas no hoje, mas em uma solução que dê garantias aos municípios”, encerrou o governador.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!