Home Notícias Economia Flores, moda e eletrônicos são os mais vendidos para Dia das Mães na internet, aponta estudo

Flores, moda e eletrônicos são os mais vendidos para Dia das Mães na internet, aponta estudo

Flores, moda e eletrônicos são os mais vendidos para Dia das Mães na internet, aponta estudo
Foto: USP Imagens
0

De acordo com estudo feito pela Criteo, líder global de tecnologia especializada em publicidade digital e marketing de performance, no ano passado as vendas pela Web na semana anterior ao Dia das Mães chegaram a registrar crescimento de até 38%.

Por isso, os varejistas precisam estar preparados para as vendas pelo comércio eletrônico nesta reta final, já que as compras de última hora costumam aumentar consideravelmente o movimento nas lojas on-line nos dias anteriores ao segundo domingo de maio e as preferências dos filhos para presentear favorecem especialmente algumas categorias que sempre agradam as mamães.

“Embora o e-commerce venha sentindo os efeitos da crise, nossa expectativa é de que ocorra acréscimo nas vendas na semana anterior ao Dia das Mães. O crescimento de pedidos neste período é sempre muito forte e não deverá ser diferente este ano, assim como nas outras duas datas sazonais mais importantes para o varejo, que são o Natal e a Black Friday”, diz Fernando Tassinari, Diretor Geral da Criteo no Brasil.

O levantamento mostrou que em 2015 as categorias que obtiveram as maiores elevações nas vendas na semana anterior para presentear as mães foram Flores (134%), Roupas (48%), Telecom e Internet (45%), Bolsas (42%), Calçados (41%), Saúde e Beleza (37%), Eletrônicos (31%) e Maquiagem (10%). Sempre muito procurados, os smartphones tiveram aumento de 44% e os tablets de 86%.

“Estes números demonstram uma tendência para 2016, já que o comportamento dos consumidores na escolha dos presentes não difere muito de um ano para outro. Entretanto, os produtos com valores mais acessíveis devem registrar maior crescimento”, avisa Tassinari. “É bom lembrar também que é essencial os varejistas estarem preparados para vender em todos os canais, já que as aquisições através de dispositivos móveis e a navegação em múltiplas telas durante o processo de decisão de compra é uma tendência irreversível”, acrescenta.

De acordo com a pesquisa “Cenário do Mobile Commerce” realizada no último trimestre de 2015 pela Criteo e que abrange época de Natal e Black Friday, 19% das operações do e-commerce brasileiro nesse período foram realizadas via dispositivos móveis, o que significa que praticamente uma em cada cinco vendas aconteceu por um smartphone ou tablet. Mais da metade das transações ocorreram após navegação em pelo menos dois dispositivos. Em 52% das transações concluídas em desktops, o cliente visitou o site do varejista utilizando pelo menos mais um device antes de finalizar a compra. Com 54%, os tablets atingiram o maior índice entre os usuários que acessaram outras telas até fechar o pedido.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!