EUA destroem local de produção de armas químicas do EI

(ANSA) – Fontes do Pentágono afirmaram nesta terça-feira, dia 13, que aviões militares norte-americanos entraram em ação no Iraque para bombardear um lugar onde o grupo Estado Islâmico (EI, ex-Isis) produzia armas químicas.

Segundo o órgão, os caças usados na operação, inclusive do tipo B-52, explodiram ao menos 50 alvos no interior de uma antiga fábrica farmacêutica perto da cidade de Mosul que produzia armas, muito provavelmente à base de cloro e de gás de mostarda, para atingir civis.

Há pouco mais de duas semanas, a Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um relatório sobre o uso de armas químicas na Síria pelo grupo terrorista e pelo governo de Bashar al-Assad.

De acordo com o documento, o EI usou gás de mostarda em ao menos um ataque no país, no de Marea, localizada perto de Aleppo, do dia 21 de agosto do ano passado.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!