Home Notícias Brasil RN Estudantes potiguares apresentarão projeto científico nos Estados Unidos

Estudantes potiguares apresentarão projeto científico nos Estados Unidos

Publicidade

Estudantes potiguares apresentarão projeto científico nos Estados Unidos
Foto: Danilo Bezerra / SEEC
0
Publicidade

Um dos maiores eventos científicos do Brasil, a Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Tecnologia) que acontece na Universidade de São Paulo (USP) nos próximos dias 15, 16 e 17 de março, contará com a apresentação de projeto científico desenvolvido por dois estudantes da Escola Estadual Walfredo Gurgel, localizada na cidade de Antônio Martins, Oeste do Rio Grande do Norte.

Por terem se destacado e conquistado prêmios na edição anterior da Feira de Ciências da USP, os estudantes de ensino médio José Francisco de Mesquita Silva e José Jalissom da Silva Freitas estarão também representando o Rio Grande do Norte e o Brasil em um dos grandes eventos científicos do mundo, a International Sustainable World Project Olympiad – I-Sweep, que será realizado na cidade de Houston, no Texas (EUA), entre os dias 26 de abril e 4 de maio deste ano.

Os custos da viagem, ida e volta, Natal (BRA) – Houston (EUA), foram garantido pela Secretaria da Educação do RN. O secretário Francisco das Chagas Fernandes recebeu os estudantes no Gabinete da SEEC-RN, e assegurou o apoio das passagens.

Deputado apresenta projeto que cria intercâmbio internacional para rede pública

O projeto científico que será apresentado em Houston pelos estudantes da Escola Walfredo Gurgel, Reciclagem Eletrônica: montando um mini transmissor, desenvolvido com a orientação da professora de Matemática, Humbertina Lúcio, cria a partir de peças de sucata todo um sistema transmissor de rádio, com requintes de FM estéreo, com alcance superior a 200 metros. O novo sistema transmissor de rádio alcança o ambiente escolar e a comunidade próxima.

O projeto foi apresentado na quinta edição da Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, realizado nas dependências da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró. Neste evento, ganho a credencial para a participação na Febrace pelo segundo ano consecutivo.

“Usamos produtos velhos e reciclados, como uma televisão, e gastamos pouco mais de três reais para montar tudo”, diz José Francisco ao explicar como foi o processo de construção da rádio, que cabe dentro da sua bolsa.

Reconhecimento

O trabalho desenvolvido em Martins/RN foi relatado em um artigo científico e publicado na Revista Inciência, devido o primeiro lugar na categoria Ciências Sociais Aplicadas na Febrace.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!