Home Notícias Brasil RN Estatísticas apontam redução de assassinatos no Rio Grande do Norte

Estatísticas apontam redução de assassinatos no Rio Grande do Norte

Estatísticas apontam redução de assassinatos no Rio Grande do Norte
Foto: Raphael Alves/ TJAM
0

A Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) divulgou no fim da tarde desta sexta-feira (6) os dados de mortes violentas registradas de janeiro a outubro de 2015 no Rio Grande do Norte. Segundo levantamento da Câmara Técnica, o estado registrou pelo décimo mês consecutivo redução nos índices de crimes violentos letais intencionais, o que não ocorria nos últimos dez anos. No acumulado dos meses de 2015 a redução foi de 9,96% no número de CVLIs, caindo de 1.486 em 2014 para 1.338 este ano, o que representa 148 assassinatos a menos neste período. Somente no mês outubro deste ano, a redução foi 8,39% nos índices de CVLIs comparado com o mesmo mês do ano passado, passando de 155 mortes para 142.

Entre os tipos de crimes violentos letais intencionais mais recorrentes, o homicídio ainda é o que apresenta maior índice, com 1.174 casos, no entanto, 8,57% a menos que o mesmo período do ano passado, quando havia registrado 1.287 homicídios. Já os crimes de latrocínio, roubo seguido de morte, houve uma redução de 26,92% se comparado com os dez meses de 2014, caindo de 52 para 38 casos. Além disso, houve uma redução de 39,52% nos crimes de feminicídio, caindo de 48 casos em 2014 para 29 nos dez primeiros meses de 2015.

Em Natal e Mossoró, a redução no número de crimes violentos letais intencionais foi bem significativa. Em Natal, os índices caíram de 480 mortes de janeiro a outubro de 2014 para 407 assassinatos no mesmo período deste ano, o que significa uma redução de 15,21%, ou seja, 73 assassinatos a menos na capital. A zona Sul apresentou a maior redução (-53,85%), seguido pela Oeste (-16,57%), Norte (-6,35%) e Leste (-3,33%). Já em Mossoró, a redução foi de 17,90%, caindo de 162 mortes para 133 este ano, o que representa 29 casos a menos.

A secretária Kalina Leite parabenizou os resultados do Governo do Estado do RN e avaliou o relatório estatístico apresentado pela Câmara Técnica. “A queda nos índices de violência pelo décimo mês consecutivo mostra que os índices, apesar de ainda elevados, já apontam redução que há anos não se via. Isso se deve ao trabalho da Câmara de CVLI, das ações preventivas e ostensivas da Polícia Militar, das operações como base nas manchas criminais, do trabalho investigativo da Polícia Civil, bem como as ações desenvolvidas pelo governador Robinson Faria para priorizar a segurança pública, por meio do pagamento de diárias operacionais, e com a valorização dos policiais, através das promoções já realizadas. Podemos e vamos melhorar a segurança pública no Rio Grande do Norte”, disse a secretária Kalina Leite.

Saiba mais

Criada em fevereiro deste ano, a Câmara tem o objetivo de melhorar a inteligência sobre a investigação, prevenção e repressão dos crimes intencionais contra a vida. A Câmara Técnica de CVLIs é composta por membros efetivos indicados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, pelo Comando da Polícia Militar, pela Delegacia Geral de Polícia, Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar e pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP).

Além destes membros, também são convidados a participar da Câmara Técnica representantes do Tribunal de Justiça do RN, Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado da Saúde Pública, Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres, Secretaria Extraordinária da Juventude, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Defensoria Pública Estadual, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Estadual de Direitos Humanos e da Cidadania, UFRN, UFERSA e UERN.

São considerados como CVLIs toda ação humana que visa a atingir fisicamente a outro, produzindo morte como resultado final imediato ou posterior em decorrência da natureza do ferimento causado.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!