Home Notícias Ciência Em conferência da Nasa, físico diz que marcianos foram aniquilados por uma bomba nuclear

Em conferência da Nasa, físico diz que marcianos foram aniquilados por uma bomba nuclear

Em conferência da Nasa, físico diz que marcianos foram aniquilados por uma bomba nuclear
0

Em novembro de 2014, o físico John Brandenburg revelou sua teoria de que uma antiga civilização em Marte foi massacrada em um ataque nuclear. E nesta terça-feira (17) ele voltou com novas evidências para a sua teoria em uma conferência patrocinada pela NASA.

Ele afirma que não há outra explicação para sua proposta de que “a assinatura de arma” permanece desde o ataque em Marte. Dr Brandenburg estará apresentando sua teoria na 46ª Conferência Lunar e Ciência Planetária, em Houston, Texas na Área de Exposições Town Center esta noite.

 isótopos nucleares na atmosfera, aparentemente, se assemelham a testes de bombas de hidrogênio - que, segundo ele, ocorreram em dois lugares em Marte, Cydonia Mensa e Galaxias Chaos.
isótopos nucleares na atmosfera, aparentemente, se assemelham a testes de bombas de hidrogênio – que, segundo ele, ocorreram em dois lugares em Marte, Cydonia Mensa e Galaxias Chaos.

O físico afirma que os marcianos antigos conhecidos como Cydonians e Utopians foram aniquilados por um ataque nuclear deferido por uma outra raça alienígena. Embora ele não entre em muitos detalhes sobre as raças alienígenas, ele aponta para um número de ‘artefatos’ na superfície que ele diz ser remanescentes de uma sociedade inteligente.

Ele advertiu também que devemos ter medo de um ataque a partir desta raça alienígena supostamente hostil que eliminou os marcianos. Uma fina camada de substâncias radioativas, incluindo urânio, tório e potássio radioativo na superfície, fornece evidência para esta teoria. E isótopos nucleares na atmosfera, aparentemente, se assemelham a testes de bombas de hidrogênio – que, segundo ele, ocorreram em dois lugares em Marte, Cydonia Mensa e Galaxias Chaos. “Nós agora encontramos provas do derretimento de vidro nuclear Trinitite (formado na Terra no local de lançamento de armas nucleares) em ambos os locais das explosões hipotéticas e isso vai ser apresentado na conferência”, Dr Brandenburg revelou ao MailOnline à frente de sua palestra. “Até agora, nenhum cientista ofereceu outra explicação para este conjunto de dados”, continuou.

Brandenburg também afirma que ele surgiu com a hipótese de que Marte já foi coberta por um oceano, que a Nasa anunciou recentemente. A agência disse que agora tinha provas de que há 3,7 bilhões anos atrás, o planeta tinha mais água (mostrado na ilustração) do que do que o Oceano Ártico tem hoje.
Brandenburg também afirma que ele surgiu com a hipótese de que Marte já foi coberta por um oceano, que a Nasa anunciou recentemente. A agência disse que agora tinha provas de que há 3,7 bilhões anos atrás, o planeta tinha mais água (mostrado na ilustração) do que do que o Oceano Ártico tem hoje.

Dr Brandenburg também irá apresentar mais uma de suas teorias na conferência, a que Marte já tem um “efeito estufa biologicamente estabilizado”. Ele diz que o planeta já teve temperaturas e pressões atmosféricas parecidas com a Terra, e era abundante com a vida e uma atmosfera rica em oxigênio. E ele diz que estas teriam sido as condições ideais para a vida a se formar.

As informações são do Daily Mail.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!