Home Notícias Brasil RN Em Assembleia, categoria decide por encerramento da greve no IFRN‏

Em Assembleia, categoria decide por encerramento da greve no IFRN‏

Publicidade

Em Assembleia, categoria decide por encerramento da greve no IFRN‏
Foto: Coletivo Foque
0
Publicidade

O Sinasefe Seção Sindical Natal realizou nessa segunda-feira (30) uma Assembleia Geral Extraordinária para, além de outros assuntos, decidir os rumos da greve no IFRN, retomada em 10 de novembro de 2015. Na plenária, a categoria decidiu pelo encerramento do movimento, com 125 votos a favor da finalização e 25 abstenções.

O Comando Geral de Greve iniciou a reunião com os informes sobre a agenda da greve na semana anterior e com um histórico de todas as atividades realizadas pelo Comando desde a retomada da greve.

Na Assembleia também foram feitos os informes sobre os eventos que foram realizados, como a 138ª Plena, realizada nos dias 14 e 15/11; e a Marcha das Mulheres Negras, que aconteceu no dia 18/11 em Brasília; e os próximos eventos agendados, como o Curso de Formação Política do Nordeste, de 18 a 20/12 em Natal; o Seminário de Educação, Carreira e Aposentados, de 11 a 13/12 em Brasília; os debates dos candidatos a diretores-gerais dos Campi – que já estão acontecendo – e a reitor do IFRN; a 139ª Plena, de 11 a 13/12 em Brasília; e o Consinasefe Eleitoral, agendado para o período de 18 a 21/03/2016.

A decisão pelo encerramento da greve dos técnico-administrativos em educação do IFRN se deu após a avaliação do Movimento Paredista Local. O servidor André Palhares iniciou a avaliação destacando o desgaste do movimento e propondo o encerramento da greve. A coordenadora do Sinasefe Natal, Socorro Silva, destacou o histórico do movimento, que foi iniciado em novembro 2014 e se estende até agora.

Em sua análise, o servidor Tonny Medeiros citou que o reitor do IFRN, Belchior de Oliveira, foi o primeiro reitor a ajuizar uma greve, e disse que na sua opinião o movimento foi válido. A servidora Lourdes Teixeira colocou que é a favor da saída organizada da greve, destacando que houve ganhos.

Na plenária a categoria foi consultada sobre a continuidade da greve e nenhum servidor se manifestou pela continuação do movimento. Na votação, foram contabilizados 125 votos pelo encerramento da greve, nenhum voto favorável à continuidade e 24 abstenções.

O Sinasefe Natal reforça que a finalização da greve não encerra as negociações do movimento, que continuarão através de mesa de trabalho. Os servidores retornarão às suas atividades amanhã (02 de dezembro).

Também foi discutido sobre o acordo MEC/MPOG. Socorro Silva falou sobre o acordo e a discussão ocorrida na 138ª Plena com o enxugamento da pauta de reivindicação e a finalização da minuta. Em seguida ela fez a leitura do acordo.

No encontro, foi realizada a votação para escolha de delegado para a 139ª Plena e Tonny Medeiros foi eleito representando a base.

Confira, abaixo, outros encaminhamentos deliberados na Assembleia:

– Aprovação da portaria 1.641/2015, com constituição de GT para rever os pontos críticos;

– Aprovação da minuta de portaria de serviços e setores com constituição de GT para rever os pontos críticos;

– Reabrir a mesa de negociações com o Reitor;

– Fazer uma caravana a Brasília solicitando a RSC dos TAEs;

– Sindicato apresentar documento com os pontos críticos, reposição dos dias parados;

– Pedir o posicionamento do Consup sobre a não suspensão do processo eleitoral.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!