Home Notícias Mundo Rainha Elizabeth II chama chineses de ‘mal-educados’

Rainha Elizabeth II chama chineses de ‘mal-educados’

Publicidade

Rainha Elizabeth II chama chineses de ‘mal-educados’
Foto: UK Parliament/ Roger Harris
0
Publicidade

(ANSA) – No que pode ser considerada uma gafe para os padrões de comportamento da família real britânica, e até um mal-estar nas relações diplomáticas entre Londres e Pequim, a rainha Elizabeth II foi flagrada reclamando de funcionários de uma comitiva chinesa. Câmeras de televisão conseguiram gravar o áudio de uma conversa entre a monarca e uma agente de polícia, Lucy D’Orsi, sobre o tratamento que os funcionários chineses deram a diplomatas britânicos e ao embaixador em Pequim durante a visita do presidente Xi Jinping a Londres, em outubro passado.

No diálogo, Elizabeth II disse que os “funcionários chineses foram muito mal-educados”. Ao saber que a policial tinha trabalhado na segurança da comitiva, a monarca comentou: “Oh, má sorte”. Sem se dar conta que estava sendo gravada de perto por câmeras de televisão, a monarca continuou a conversa com a policial em um evento no Palácio de Buckingham. Este tipo de comentário da rainha não é comum, já que raramente a monarca se pronuncia sobre questões políticas. Procurados pela imprensa britânica, nem a policial nem a família real explicaram o caso. O Ministério das Relações Exteriores da China também não quis comentar a gafe.

No entanto, o sinal da emissora britânica BBC foi cortado na China no momento em que a rede noticiava o incidente. As notícias sobre o assunto na Internet também foram censuradas. O vídeo da rainha veio à tona horas depois de outra gafe do governo britânico. O primeiro-ministro David Cameron foi pego ao microfone chamando a Nigéria e o Afeganistão de “incrivelmente corruptos”. A declaração foi dada em uma recepção com a rainha e com o arcebispo de Canterbury, Justin Welby.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!