Economista dá dicas de como economizar no Dia das Mães

O período que antecede o Dia das Mães é de muita expectativa para o comércio, em virtude do grande movimento para atrair o consumidor às compras, mas diante da atual situação econômica do país, o professor de economia Jorge de Medeiros, da Estácio Zona Norte e Romualdo, indica que o melhor é otimizar os recursos para não deixar a data passar em branco.

De acordo com o especialista, identificar o que a mãe deseja ganhar antes de sair para comprar o presente evita longos passeios no comércio e, consequentemente, perda de tempo e compras desnecessárias. “O ideal é manter o foco no presente, pesquisar preços e aproveitar que as lojas estão de olho no consumidor e oferecem opções para facilitar a compra. Se possível, evitar parcelar, principalmente aqueles parcelamentos que envolvem juros”, afirma Jorge.

Vale lembrar que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante que o preço deve ser o mesmo, não importa qual a modalidade de pagamento. Outra dica do professor é certificar se a empresa costuma cumprir seus prazos de entrega, para o caso da compra online.

O economista lembra ainda que a data é o momento para o comércio inovar, atrair e fidelizar o consumidor, que busca alternativas que não comprometam sua renda mensal. “Para o comércio é uma ótima oportunidade de melhorar as vendas, por isso é necessário que as empresas saibam trabalhar com a realidade atual em que o comprador quer evitar excessos, mesmo em épocas especiais.”

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!