Home Notícias Variedades Curiosidades Drone é confundido com disco voador e aterroriza cidade do interior do RN

Drone é confundido com disco voador e aterroriza cidade do interior do RN

Publicidade

Drone é confundido com disco voador e aterroriza cidade do interior do RN
Drone (Foto: Evilyn Guedes/ Campus Party Brasil)
0
Publicidade

Moradores da cidade de Angicos, cidade que fica a 170 km de Natal, capital potiguar, tiveram uma noite aterrorizante nesta última quarta-feira (14). Algumas pessoas alegaram ter visto um disco voador e até serem perseguidas por ele. Só não sabiam que o tal ‘OVNI’ nada mais era que um drone (risos)!

O medo da população de Angicos foi registrado em áudios do aplicativo WhatsApp e não demoraram para cair na internet. Nas gravações, moradores são ouvidos gritando em desespero, relatando que viram um OVNI (drone) durante a noite. A notícia viralizou rapidamente e chegou a ser publicada em vários portais nacionais.

O equipamento estava sendo usado por uma equipe de filmagem, contratada por um empresário local para registrar fotos noturnas da cidade. “Pessoal, ninguém saia de casa. Tô vendo um objeto grande no céu, cheio de luz se aproximando da gente aqui. Ai meu Deus do céu”, diz um morador que parece estar em choque.

Fotos da Matriz e da Cidade de Angicos realizadas pelo Drone na noite de terça-feira (13) - Foto: Carlos Eduardo / Ddrone
Fotos da Matriz e da Cidade de Angicos realizadas pelo Drone – Foto: Carlos Eduardo / Ddrone

Toda a confusão foi explicada posteriormente por um programa de rádio local, devido à toda repercussão da suposta invasão alienígena na cidade. Um professor de Angicos demonstrou sua indignação com a reação das pessoas.

“Vamos educar esse povo. Não tem cabimento. Um povo na cidade de Angicos ser confundido com um disco voador. Desse jeito eu não sou mais professor não”, disse. Clique e ouça os áudios dos moradores AQUI!

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!