Home Notícias Variedades Dicas Dicas para economizar energia ao usar o ar-condicionado

Dicas para economizar energia ao usar o ar-condicionado

Dicas para economizar energia ao usar o ar-condicionado
Foto: Divulgação
0

O ar-condicionado é um dos aparelhos mais utilizados nas residências e em ambientes profissionais, já que ele proporciona maior conforto térmico para o local, segurança às pessoas e máquinas e até contribui com a produtividade. Usado em épocas de calor ou mesmo no frio – graças à função Quente Frio –, ele pode ser encontrado com diversas capacidades e tecnologias.

Um dos grandes desafios para quem utiliza esse equipamento é conciliá-lo com o orçamento mensal destinado ao pagamento das contas de energia elétrica. Ao aliar o útil ao agradável, é possível aproveitar ao máximo os benefícios que o ar-condicionado proporciona ao seu dia a dia. Confira algumas dicas de como economizar energia mesmo com o aparelho ligado!

Capacidade ideal

Ao escolher e pesquisar por ares-condicionados, muitas pessoas optam por aqueles que têm um valor menor no mercado. É importante considerar, sobretudo, o modelo e sua capacidade, e se ele consegue atender à demanda do ambiente em que será instalado sem dificuldades.

O custo-benefício será alcançado assim, já que não vale a pena comprar um aparelho de menor preço, mas abaixo da capacidade ideal para o lugar onde será instalado. Sua eficiência ficará comprometida e o aparelho será obrigado a utilizar toda a sua potência – aumentando, consequentemente, o consumo de energia.

Manutenção preventiva

Todos os equipamentos necessitam de manutenções preventivas a fim de evitar quaisquer imprevistos ou riscos à saúde da sua família ou funcionários. No caso do ar-condicionado, não é diferente. Além de prolongar sua vida útil, fazer essa checagem com periodicidade promove maior economia de energia.

Manter filtro, entradas e saídas de ar limpos, por exemplo, reduz o consumo de energia do seu aparelho. Isso acontece porque quando ele está sujo, a circulação de ar fica comprometida e o ar-condicionado necessita de uma força maior para trabalhar de maneira adequada. E, ainda, colaboram com a saúde e impedem o desenvolvimento de problemas respiratórios.

Instalação

Apesar de ser forte e eficiente, ele é considerado bastante exigente, já que precisa ter uma instalação mais cuidadosa e em locais adequados, evitando o desperdício de energia. Quando colocado em um local inapropriado, o consumo de energia pode aumentar em até 20%.

O mais indicado é que não fique em locais muito quentes – como em paredes que não fiquem expostas ao sol, a fim de garantir que o motor não superaqueça e aumente a necessidade de energia elétrica para o bom funcionamento. O mesmo acontece quando ele fica próximo a aparelhos que emitem ondas de calor.

Uso consciente

Uma das maneiras mais eficientes de economizar energia sem deixar de utilizar o ar-condicionado é fazer o uso consciente do aparelho. Dentre as medidas para tal uso está desligar o aparelho quando for sair de casa ou do ambiente e no momento em que a temperatura estiver amena e agradável, evitando o gasto de energia desnecessário.

Isolar o ambiente é essencial, para que a troca de temperatura com os locais externos seja a menor possível. Ligar e desligar a todo o momento também pode ser prejudicial para o seu bolso, já que depois de desligado ele precisa fazer um esforço maior para resfriar o ambiente de novo. Por isso é necessário conhecer bem o aparelho, suas capacidades e limites.

Temperatura adequada

Manter o ar-condicionado sempre regulado a fim de manter a temperatura o mais confortável possível é ideal. Quanto menor a temperatura desejada, maior será o gasto de energia; portanto, é necessário controlar de maneira inteligente, sem exageros, e promover o conforto térmico do ambiente.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!