Home Notícias Ciência ‘Desafio do Balde de Gelo’ financiou descoberta de gene

‘Desafio do Balde de Gelo’ financiou descoberta de gene

‘Desafio do Balde de Gelo’ financiou descoberta de gene
Foto: Reprodução / Facebook
0

(ANSA) – O “Desafio do Balde de Gelo”, campanha viral que percorreu a web mundial em 2014, conseguiu financiar pesquisas que descobriram um novo gene relacionado à esclerose lateral amiotrófica (ELA). Com os recursos angariados pela campanha, cientistas identificaram a existência do gene NEK1, que contribui para o desenvolvimento da doença, a qual é degenerativa e incurável.

O “Desafio do Balde de Gelo” levantou US$ 115 milhões (cerca de R$ 376,9 milhões) em doações em todo o mundo. Pela campanha, as pessoas doavam verbas para a pesquisa do ELA e gravavam vídeos lançando água gelada sobre a cabeça. Personalidades como Justin Bieber, Taylor Swift e o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, participaram da ação que contou com 17 milhões de adeptos.

Na época, a campanha chegou a ser criticada por pessoas que a viam apenas como um modismo de internet. O “Projeto MinE”, que descobriu o novo gene ligado ao ELA, foi realizado por um grupo de pesquisadores independentes fundado em 2013 por dois portadores da doença. O estudo foi publicado no periódico científico “Nature Genetics” e é o maior já feito sobre a transmissão hereditária do ELA.

A pesquisa recolheu dados genéticos de familiares de vítimas e contou com 80 pesquisadores em 11 países. A descoberta permitirá que os cientistas busquem uma nova terapia genética contra o ELA.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!