Coreia do Norte reativa reator de Yongbyon para projeto nuclear

(ANSA) – A Coreia do Norte anunciou nesta terça-feira (15) a reativação de seu reator de Yongbyon, considerado a principal fonte de plutônio para abastecer o programa de armas nucleares do regime de Kim Jong-un. “Todas as plantas de Yongbyon, entre elas as estruturas de enriquecimento de urânio e o reator de 5 megawatts, foram reorganizados, modificados ou readaptados e operam normalmente”, publicou a agência local de notícias KCNA.

De acordo com o veículo, que cita o Instituto para a Energia Atômica do país, a Coreia do Norte está pronta para usar armas nucleares contra os Estados Unidos e outras nações consideradas hostis ao regime. Localizado a cerca de 100 quilômetros ao norte de Pyongyang, o reator estava inativo desde 2007. O regime de Kim Jong-un confirmou que a reativação tem como objetivo “avançar no progresso econômico do país e na construção de uma força nuclear”. Pyongyang já declarou em diversos momentos que o desenvolvimento de armas atômicas é o principal eixo de sua política de defesa.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!