Home Concurso Público Concurso para PF poderá oferecer 5 mil vagas e salários de até 4 mil

Concurso para PF poderá oferecer 5 mil vagas e salários de até 4 mil

Publicidade

Concurso para PF poderá oferecer 5 mil vagas e salários de até 4 mil
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
0
Publicidade

Segundo divulgou o site “Noticias Concursos”, o próximo concurso para Polícia Federal será divulgado em breve e já foi confirmado pelo presidente Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Carlos Eduardo Miguel Sobral. Segundo apontou o presidente, 500 cargos para delegado estão vagos. “Necessitamos de urgente recomposição do nosso efetivo, para que possamos prestar nossos serviços públicos com qualidade e excelência reconhecidas pela população brasileira”, afirmou Sobral ao Noticias Concursos.

Para preencher os cargos vagos dos delegados e mais a contratação de 5 mil servidores administrativos, será necessário disponibilização de recursos orçamentários.

O último concurso da Polícia Federal para Agente Administrativo foi realizado em 2013. Na ocasião, o órgão abriu 566 vagas na área administrativa. O cargo exige nível médio, com inicial de R$ 4.185,77, atualmente. O certame tem validade até junho de 2016, porém pode ser prorrogada até junho de 2018.

Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 17.203,85 no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 373.

Já os cargos de agente, escrivão e papiloscopista admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses são de R$ 7.887,33 (também com o auxílio). Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.

Os concursos da PF são tradicionalmente realizados pelo Cespe/UnB, e compreendem provas objetivas e discursivas, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (apenas escrivão), avaliação de títulos, prova oral (apenas delegado) e curso de formação profissional. As provas são aplicadas em todas as capitais e os aprovados são inicialmente lotados justamente nas regiões de fronteira.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!