Home Notícias Brasil Com protestos, desfile da Independência reuniu 25 mil pessoas em Brasília

Com protestos, desfile da Independência reuniu 25 mil pessoas em Brasília

Com protestos, desfile da Independência reuniu 25 mil pessoas em Brasília
Brasilienses tomaram os 22 mil lugares das arquibancadas montadas na Esplanada dos Ministérios para acompanhar, na manhã desta segunda-feira (7), o desfile que celebrou o 193º aniversário da independência do Brasil (Foto: Gabriel Jabur/ Agência Brasília)
0

Com um público de 25 mil pessoas, militares, atletas olímpicos e estudantes desfilaram, nesta segunda-feira (7), Dia da Independência, na Esplanada dos Ministérios. A estimativa de público é da Polícia Militar. A presidenta Dilma Rousseff deu inicio ao desfile. A celebração do 7 de setembro também teve protestos na Esplanada dos Ministérios, do lado oposto ao do desfile.

Ao longo da manhã, bandas musicais escolares, tropas da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, veículos blindados, grupamentos motorizados e da cavalaria percorreram a Esplanada dos Ministérios. Também desfilou a pirâmide humana da Polícia Militar do Distrito Federal, com 30 homens. No encerramento, os aviões da Esquadrilha da Fumaça fizeram manobras e escreveram no céu “Somos todos Brasil”.

Enquanto de um lado da Esplanada dos Ministérios acontecia o desfile, do outro, os manifestantes se concentravam. O Grito dos Excluídos, que tradicionalmente faz atos em diversas cidades no Dia da Independência, desceu a Esplanada logo após o fim desfile. “Falamos da necessidade de promover reformas estruturais na sociedade como a agrária, a urbana e uma reforma ampla do sistema político que aumente os mecanismos de participação popular como plebiscitos e referendos”, disse o coordenador Fábio dos Santos Miranda. O coordenador estima em 800 o número de participantes. A Polícia Militar não tem estimativa de participantes do Grito dos Excluídos.

Integrantes de movimentos sociais participam da 21º marcha Grito dos Excluídos, após o desfile do 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Integrantes de movimentos sociais participam da 21º marcha Grito dos Excluídos, após o desfile do 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Um grupo a favor da presidenta Dilma se reuniu em frente à Catedral de Brasília com bandeiras do PT, do Brasil e com faixas de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com o término do desfile, eles percorreram os dois sentidos da Esplanada. “A pátria tem que ter a governabilidade em primeiro lugar, mesmo que haja divergência em alguns pontos”, destacou Fred Vasconcelos, da Central de Movimentos Populares. A estimativa dos organizadores e da Polícia Militar é que 200 pessoas tenham participado da manifestação pró-Dilma.

Movimentos pelo fim da corrupção também marcaram presença. Eles criticaram o governo e inflaram dois bonecos gigantes da presidenta Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Diversas organizações como o Movimento Brasil Contra a Corrupção, o Movimento Limpa Brasil e o Movimento Brasil convocaram a população para participar da manifestação. “Pregamos o combate à corrupção em todos os níveis de governo, seja de que partido for. Queremos um Brasil melhor para nossos filhos netos”, disse o coordenador do Movimento Brasil Contra a Corrupção, Aldo Ferreira. Parte dos manifestantes desceu a Esplanada dos Ministérios após o fim do desfile. A estimativa da Polícia Militar é que mil pessoas tenham participado da manifestação. Para os organizadores, 15 mil pessoas estiveram nos protestos.

Nos carros de som, representantes dos movimentos contra o governo criticaram o uso de tapumes de alumínio que cercaram as arquibancadas. A Secretaria de Imprensa da Presidência informou que a estrutura usada este ano é a mesma adotada desde 2013 e a extensão dos tapumes segue a mesma metragem dos dois anos anteriores. Após o encerramento do desfile, um grupo de manifestantes derrubou uma parte do tapume e a polícia usou gás de pimenta para dispersá-los.

Veja mais fotos abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações da Agência Brasil

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!