Home Notícias Saúde Dicas de Saúde Cevada pode ajudar a perder peso e prevenir doenças cardíacas, dizem cientistas

Cevada pode ajudar a perder peso e prevenir doenças cardíacas, dizem cientistas

Cevada pode ajudar a perder peso e prevenir doenças cardíacas, dizem cientistas
Foto: Domínio Público / Pixabay
2

A cevada pode ser a chave para perder peso, prevenir doenças cardíacas e diabetes, revelaram especialistas. O grão mostrou propriedades para melhorar rapidamente a saúde das pessoas, reduzindo os níveis de açúcar no sangue e, por sua vez, o risco de diabetes.

Cientistas da Universidade de Lund, na Suécia, disseram que o segredo está na mistura especial de fibras dietéticas encontradas na cevada. Além disso, o cereal, segundo eles, ajuda a reduzir o apetite de uma pessoa e seu risco de doença cardiovascular.

Para chegar às suas conclusões, os especialistas examinaram um grupo de voluntários de meia-idade saudáveis ​​durante um período de três dias. Eles foram convidados a comer pão, em grande parte feito de grãos de cevada (até 85%), no café da manhã, almoço e janta durante os três dias.

Cerca de 11 a 14 horas após a sua última refeição do dia, cada participante era examinado por indicadores de risco de diabetes e doenças cardiovasculares. Os cientistas descobriram que o metabolismo dos voluntários melhorou por até 14 horas. E, além disso eles viram outras melhorias, incluindo uma diminuição nos níveis de açúcar no sangue e insulina, o aumento da sensibilidade à insulina e uma melhora no controle do apetite.

Os efeitos surgem quando a mistura especial de fibras alimentares em grãos de cevada alcançam o intestino, onde estimulam o crescimento de bactérias ‘boas’ e a liberação de hormônios importantes.

Pesquisas anteriores realizadas por cientistas da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, descobriram que fibras dietéticas da semente de cevada geram um aumento das bactérias Prevotella copri do intestino. Essa bactéria tem um efeito regulador direto nos níveis de açúcar no sangue e ajuda a diminuir a proporção de um tipo de bactérias do intestino que é considerado insalubre, disseram os pesquisadores.

Os pesquisadores esperam que mais conhecimentos sobre o impacto das fibras dietéticas específicas na saúde das pessoas possa resultar em lojas mantendo em suas prateleiras mais produtos alimentares com propriedades saudáveis, como grãos de cevada.

Eles disseram que as pessoas podem adicionar cevada na sua dieta, em saladas, sopas, ensopados, ou mesmo como uma alternativa ao arroz ou batatas.

Para manter os níveis de açúcar no sangue saudável, os pesquisadores aconselham:

  • Escolher o pão com o máximo de grãos integrais possível. Sinta-se livre para misturar com outros grãos, por exemplo centeio;
  • Evite farinha branca;
  • Adicionar grãos da cevada em sopas e ensopados;
  • Substituir por exemplo, arroz branco por cevada cozida;
  • Comer feijão e grão de bico por eles também terem uma boa mistura de fibras dietéticas e, como grãos de cevada, um baixo índice glicêmico, com efeitos positivos para a saúde;
  • O pão utilizado no estudo era constituído por 85% de grãos de cevada, que tinham sido cozidos e misturado com farinha de trigo.

Cevada

A cevada fornece uma farinha alimentícia e o produto resultante da germinação artificial dos grãos (malte) é utilizado na fabricação da cerveja e de outros produtos. Os grãos torrados e moídos são usados na fabricação de uma bebida sem cafeína de aspecto semelhante ao do café. A cevada é ainda empregada em alimentação animal como forragem verde e na fabricação de ração.

No Brasil, a malteação é o principal uso econômico da cevada, já que o país produz apenas 30% da demanda da indústria cervejeira.

As informações são do Daily Mail

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
  • Romário, muito obrigado por trazer este excelente conteúdo.

    A pesquisa mostra o lado positivo da cevada e como pode nos ajudar. Vou pesquisar mais sobre.

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!