Home Notícias Brasil RN São Gonçalo do Amarante CBTU elabora projeto de expansão que contempla Aeroporto de São Gonçalo

CBTU elabora projeto de expansão que contempla Aeroporto de São Gonçalo

Publicidade

CBTU elabora projeto de expansão que contempla Aeroporto de São Gonçalo
Foto: Divulgação
0
Publicidade

Um projeto de expansão da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) deve somar pontos para o Rio Grande do Norte na disputa pelo hub da Tam. A proposta, apresentada na manhã desta sexta-feira (5) ao governador Robinson Faria, contempla a implantação de uma linha férrea de 17 km que interligará o Aeroporto Internacional Aluízio Alves ao sistema atual de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

O projeto já foi aprovado pela CBTU nacional e incorporado ao Plano Plurianual 2016-2019 da Companhia. O próximo passo é incluí-lo no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 3), para Mobilidade Urbana.

“Esse ramal até o aeroporto – que não estava no projeto inicial, mas por um diálogo entre o governo do estado e a CBTU prosperou – irá potencializar a nossa conquista para Natal ser sede do hub da TAM”, destacou o governador Robinson Faria, que acrescentou ainda que o tramo norte da linha roxa, como foi definido no projeto, irá beneficiar cerca de 15 mil pessoas.

A linha está orçada em R$ 249,8 milhões e prevê a instalação de 10 novas estações e compra de cinco composições de VLT, cada uma com três carros. O projeto de modernização do sistema já em curso contempla 12 composições, das quais três já foram entregues e estão em funcionamento.

O governador conheceu um dos veículos após a reunião técnica, na qual também estiveram presentes o secretário de Infraestrutura, Jader Torres, o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), general Jorge Fraxe, o vereador Hugo Manso, o deputado estadual Fernando Mineiro e a senadora Fátima Bezerra.

CONTINUAÇÃO

O projeto de expansão, além do tramo norte, que vai de Extremoz a São Gonçalo do Amarante, prevê um linha estimada em 23 km integrando o Aeroporto Aluízio Alves à Macaíba e seguindo até a BR 101, em Parnamirim. Este outro trecho, chamado de tramo sul da linha roxa, não tem ainda o estudo de viabilidade.

Também dentro do projeto completo de expansão, está prevista a criação de um anel em Natal, com a implementação de mais duas linhas levando o VLT até o campus da Universidade do Rio Grande do Norte.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!