Home Notícias Brasil RN Natal Câmara Municipal de Natal aprova projeto que proíbe o uso de cerol em pipas

Câmara Municipal de Natal aprova projeto que proíbe o uso de cerol em pipas

Publicidade

Câmara Municipal de Natal aprova projeto que proíbe o uso de cerol em pipas
Foto: Willian Carvalho / Monitor das Gerais
0
Publicidade

O Plenário da Câmara Municipal de Natal (CMN) aprovou nesta semana, em primeira discussão, um projeto de lei encaminhado pelo vereador Júlio Protásio (PDT) que proíbe o uso do cerol em papagaios e pipas na capital potiguar. Agora, a matéria segue para segunda votação.

“Acidentes com vítimas fatais acontecem com frequência Brasil à fora por causa da utilização do cerol, levando sofrimento para muitas famílias. Essa matéria visa proteger a vida das pessoas que se transportam de moto pela cidade”, explicou o vereador Júlio Protásio.

O perigo do Cerol

O Cerol é uma mistura de cola com caco de vidro moído que posteriormente são aplicadas às linhas de pipas com a finalidade de cortar a linha de outras pipas adversárias em uma “batalha”. O saldo dessa irresponsabilidade é que ao final dessas brincadeiras ficam pelas ruas pedaços de linhas que são praticamente invisíveis aos olhos de quem trafega conduzindo veículos ciclomotores ou até mesmo a pé. E quando esses condutores se chocam com a linha de pipa contendo cerol, acabam atingidos principalmente nas mãos, braços, tronco, pescoço e rosto.

As linhas com cerol possuem uma enorme capacidade de corte e provocam ferimentos profundos que são potencialmente mortais quando atingem a região do pescoço, e quando não mata, deixam sequelas terríveis em suas vítimas.

O cerol em linhas de pipas é utilizado praticamente o ano todo, mas é na época das férias escolares que as ocorrências dos acidentes são mais comuns. A linha de pipa com cerol é só mais um dos problemas enfrentados por pessoas que usam motocicletas para o trabalho ou lazer. Essa atividade criminosa considerada brincadeira de criança, também é a diversão de muitos adultos irresponsáveis.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!