Home Notícias Brasil Cajueiro no litoral do Piauí supera o maior cajueiro do mundo, localizado no RN

Cajueiro no litoral do Piauí supera o maior cajueiro do mundo, localizado no RN

Cajueiro no litoral do Piauí supera o maior cajueiro do mundo, localizado no RN
Cajueiro de Pirangi, atual maior cajueiro do mundo (Foto: Divulgação)
0

O maior cajueiro do mundo, localizado na praia de Pirangi do Norte no município de Parnamirim, a doze quilômetros ao sul de Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte, ganhou um concorrente à altura. Com 8.810 m² e mais de 200 anos de existência, o “Cajueiro Rei”, localizado no município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, pode se tornar o maior cajueiro do mundo, superando os 8.500 m² do Cajueiro de Pirangi. Os dados são de uma pesquisa da Embrapa Meio Norte.

O título de maior cajueiro do mundo ainda é para o Rio Grande do Norte, segundo o Guiness Book (Livro dos Recordes). No entanto, mudanças poderão acontecer após esta pesquisa realizada no litoral piauiense. “O que importa agora é tombar ele a nível federal. O objetivo principal é justamente este. Ou seja, o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) deve reconhecê-lo como um patrimônio do Piauí e esse será mais um passo importante. Posteriormente, estaremos realizando a divulgação em massa através das mídias, visando impulsionar o turismo sustentável”, disse o historiador Danilton Nóbrega ao Portal Meionorte.

Segundo o historiador Danilton Nóbrega, a grande diferença entre os dois cajueiros gigantes do Piauí e do Rio Grande do Norte é que o piauiense ainda está em pleno crescimento. Além disso, a planta de Cajueiro da Praia possui, segundo a pesquisa, 300 metros quadrados a mais do que a existente em Parnamirim-RN. “O cajueiro em si é muito importante como patrimônio, pois valoriza a identidade deste povo. Além disso, outra característica do nosso cajueiro rei é que ele ainda está em pleno crescimento. Diferentemente do que está localizado no Rio Grande do Norte, que já se encontra fechado de asfalto e já é bem menor do que o nosso. Isso tudo foi comprovado nos estudos”, afirmou o historiador.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!