Bolsa e dólar sobem após afastamento de Dilma Rousseff

A Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa) operou em terreno positivo e fechou em alta hoje (12), dia em que o Senado Federal aprovou o afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República. O Ibovespa, principal índice da bolsa, fechou em alta de 0,9%, aos 53.241 pontos.

O dólar, que encerrou os últimos dois dias em queda, nesta quinta-feira subiu 0,78% e terminou cotado a R$ 3,47. A moeda norte-americana teve máxima de R$ 3,50 no dia. O dólar foi influenciado também pela intervenção do Banco Central (BC), que realizou leilão de swap cambial reverso (compra de dólares no mercado futuro).

Além do afastamento de Dilma, o mercado esteve atento à divulgação da equipe de Michel Temer, que assumiu como presidente interino. A assessoria de Temer confirmou Henrique Meirelles no Ministério da Fazenda, notícia que os investidores já esperavam e consideram positiva. Ainda na área econômica, foram confirmados Romero Jucá, no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e Marcos Pereira, na pasta da Indústria e do Comércio.

Com informações da Agência Brasil

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!