Home Notícias Esporte Belfort e seu nocaute histórico em Dan Henderson no UFC SP

Belfort e seu nocaute histórico em Dan Henderson no UFC SP

Belfort e seu nocaute histórico em Dan Henderson no UFC SP
Brasileiro teve início arrasador e levou os torcedores à loucura (Foto: Assessoria UFC)
0

Vitor Belfort precisou de apenas dois minutos e sete segundos para nocautear Dan Henderson e encerrar com vitória a histórica trilogia entre os lutadores. Frente a um Ginásio do Ibirapuera lotado por torcedores brasileiros, neste sábado (7), pela luta principal do UFC SP, o ‘Fenômeno’ foi arrasador e sequer deu chances ao norte-americano.

“Primeiramente quero agradecer a todos os brasileiros que viraram a madrugada para ver essa luta. Quero agradecer também ao meu time, minha família, a Joana e meus filhos. Algumas vezes a gente cai, mas cai olhando pra cima”, declarou Vitor ainda dentro do octógono.

O início cauteloso entre os lutadores não indicava o que estava por vir. Mas em seu primeiro ataque, Belfort derrubou Henderson com um chute de esquerda na cabeça e, após uma forte sequência de golpes sobre o adversário, viu o juiz encerrar a luta e decretar a sua vitória por nocaute técnico.

“Ir devagar era a estratégia desde o início. Ele estava esperando que eu fosse partir para cima com muita intensidade. Esperei o momento certo e ataquei. Tive paciência. O que eu não fiz na última luta, fiz agora”, explicou Vitor.

Derrotado no combate, Dan Henderson tratou de afastar qualquer polêmica com relação a decisão do juíz em parar a luta. “O Vitor me acertou um chute e eu cai apagado no chão. Eu acordei logo em seguida, mas o árbitro tomou a decisão certa e fez o seu trabalho corretamente”.

Confira todos os resultados dos cards principal e preliminar do UFC SP

CARD PRINCIPAL
peso-médio: Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson aos 2’07” do primeiro round.
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira nocauteou Patrick Cummins no segundo round.
Peso-galo: Thomas Almeida nocauteou Anthony Birchak no primeiro round.
Peso-leve: Alex Cowboy venceu Piotr Hallmann por nocaute no terceiro round.
Peso-leve: Rashid Magomedov venceu Gilbert Durinho por decisão unânime.
Peso-meio-pesado: Corey Anderson venceu Fábio Maldonado por decisão unânime.

CARD PRELIMINAR
Peso-leve: Gleison Tibau finalizou Abel Trujillo no primeiro round.
Peso-leve: Johnny Case venceu Yan Cabral por decisão unânime dos juízes.
Peso-pena: Thiago Tavares finalizou Clay Guida aos 39 segundos do primeiro round.
Peso-pena: Chas Skelly venceu Kevin Souza por finalização no segundo round.
Peso-meio-médio: Viscardi Andrade venceu Gasan Umalatov por decisão unânime dos juízes.
Peso-galo: Jimmie Rivera venceu Pedro Munhoz por decisão dividida dos juízes.
Peso-galo: Matheus Nicolau venceu Bruno Korea por finalização no terceiro round.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!