Barbas possuem mais sujeira que vaso sanitário, alerta microbiologista

O microbiologista John GOLOBIČ, vem alertando que as barbas podem conter mais sujeira que um vaso sanitário. Tal alerta surgiu a partir de um estudo feito pela empresa norte-americana Quest Diagnostics, no Novo México, EUA, que foi enfática ao afirmar que as barbas podem conter inúmeras bactérias.

Ao examinar várias barbas, ficou constatado que muitas delas continham bactérias, o que é normal, segundo afirma o microbiologista. A surpresa foi que algumas possuíam bactérias encontradas em material fecal.

John relatou ter encontrado bactérias das fezes nas barbas de pessoas ao realizar o estudo. Ele alegou ainda que se houvessem amostras similares as existentes num sistema de água, a pessoa deveria fazer uma desinfecção. Contudo, e de acordo com o cientista, não havia bactérias em níveis suficientes para causar doenças.

Com informações do Metro

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!