Home Notícias Variedades Mundo Pet Atividades físicas com pets: Veja dicas para iniciantes

Atividades físicas com pets: Veja dicas para iniciantes

Publicidade

Atividades físicas com pets: Veja dicas para iniciantes
Foto: Pixabay
0
Publicidade

Pet que surfa, que anda de skate, tem aqueles que até esquiam e praticam natação. Tudo parece bem divertido, mas não é preciso realizar uma atividade tão extravagante para se exercitar ao lado seu animal de estimação. Segundo pesquisa da Associação Americana do Coração, ter um animal de estimação e uma rotina de exercícios com o pet, em especial cães, promove a redução do risco de doenças cardíacas nos tutores.

De acordo com Karen Neves, especialista em pets e proprietária do Pet Shop Online Zen Animal, a prática de exercícios regulares estimula nos animais a aceleração do metabolismo, melhora da respiração e colabora para a digestão dos alimentos.

“Atividades frequentes ajudam o animalzinho a diminuir o stress de ficar em casa, muitas vezes sozinho. Existem diversos exercícios que podem ser realizados entre o dono e o pet nas cidades grandes, como por exemplo, caminhadas, pequenas corridas e até meditação”, explica Karen, que pratica yoga regularmente com a Margô, sua companheira bulldog francês.

Para ajudar as pessoas que querem começar uma atividade com o seu amigão, a especialista separou três dicas para uma rotina saudável e mais divertida:

1. Corridas no parque ou pelo bairro

Existem algumas raças que não podem realizar atividades físicas intensas. A dica é se informar e sempre ir ao veterinário antes de iniciar qualquer atividade com seu pet. Para as pessoas que querem começar uma rotina com corridas leves, mas têm dificuldades com os puxões que alguns cachorros costumam dar, existe no mercado um peitoral de treinamento especial – conhecido como Easy Walk, que auxilia durante o processo e inibe o cão de puxar o condutor.

Para donos que pretendem praticar caminhadas ou pequenas corridas com mais de um cão, uma ótima opção é utilizar a guia dupla, utilizada para a condução de dois cães ao mesmo tempo. Além de prática, esse acessório ajuda os cachorros a se orientarem melhor.

2. Brincadeiras também podem ser exercícios

Outra dica de atividades entre tutores e cães são as brincadeiras com bolinha e frisbee, que podem ser feitas em parques ou áreas ao ar livre com bastante espaço. Além de divertidas, as atividades fazem com que o cão pratique exercícios e gaste energia de uma maneira bem agradável, sem estar preso à guia ou coleira. Vale lembrar que nesses casos é preciso cuidado em dobro.

O Disco Orka, por exemplo, é um brinquedo indicado para cães e donos que adoram se exercitar em grandes espaços. Fácil de manusear, possui forma anatômica flexível, produzido com borracha sintética não tóxica.

Para brincadeira ao ar livre durante a noite, em sítio, praia ou parque o Bastão de Luz é uma opção inovadora. Na lateral do brinquedo há um botão que ao ser pressionado o stick fica piscando com luz LED verde brilhante, visível à metros de distância.

3. Cuidados com a saúde do seu pet

Os exercícios são ótimos, mas é preciso tomar alguns cuidados para eles não acabarem prejudicando, ao invés de ajudar a saúde do seu pet. Dias quentes durante o verão podem causar insolação ou desidratação no pet devido ao calor intenso. Para essas ocasiões a dica é incentivar o pet a consumir água antes do passeio e se possível durante. Por último, é recomendado que os exercícios comecem aos poucos, aumentando gradualmente, para que o pet se acostume com a prática do esporte.

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!