Home Notícias Economia Negócios Associativismo ganha força e promove união de empresários de um mesmo setor

Associativismo ganha força e promove união de empresários de um mesmo setor

Associativismo ganha força e promove união de empresários de um mesmo setor
Foto: Divulgação
0

O Associativismo basicamente defende duas vertentes, a primeira é a prática do coletivismo e a criação de gestão de associações e organizações autônomas e órgãos de gestão democrática a outra é a defesa da prática enquanto instituições sem fins lucrativos e de livre organização de pessoas. O conceito de coletivismo nada mais é que a propagação da ideia de união de um setor a fim de oferecer melhores oportunidades e benefícios a seus associados.

É o caso da APUESP (Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo), presidida por Cedric Manzini, foi fundada em 2002 e já conta com 150 pizzarias associadas em todo Brasil, nos principais estados. “Queremos levar este modelo de associativismo para todos os cantos do país e atingir um número maior de associados, sendo assim não só a Associação cresce, mas o mercado e as pizzarias também”, afirma Cedric Manzini.

Ao se associar os empresários obtém acesso a descontos e benefícios em matéria-prima (compras coletivas), na aquisição de maquinários, ações de marketing, visitas técnicas a fornecedores e pizzarias, assessoria jurídica, assessoria alimento seguro (visita com nutricionista) palestras, workshops, debates sobre o mercado e até viagens internacionais – a última aconteceu em março deste ano para Las Vegas na International Pizza Expo (maior feira de pizzas do mundo que acontece anualmente).

“A APUESP trabalha incessantemente para trazer o melhor a todos os seus associados, inclusive fechamos também grandes parcerias com a Redecard, que reduz o aluguel da máquina e as taxas em cada venda, também firmamos parceria com a BRF, GiMetal, Ecomanda, Software Conta Fácil, Fornoflex, Ecoforno, Ocrim, Santa Inês, DiSalerno, Scala”, comenta Cedric, presidente da Associação. “Todos os associados se unem em pró do coletivismo e crescimento do mercado, desta forma todo mundo sai ganhando” finaliza Manzini.

Hoje são mais de 11 mil pizzarias no estado de São Paulo, e no Brasil mais de 35.000. São consumidas no estado de São Paulo mais de 572.000 pizzas por dia, e no país mais de 1 milhão. O faturamento do anual deste mercado só no Brasil tem girado em torno de 22 bilhões de reais.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!