Home Notícias Brasil RN “As quadrilhas são fracas”, afirma secretário de Segurança do RN

“As quadrilhas são fracas”, afirma secretário de Segurança do RN

“As quadrilhas são fracas”, afirma secretário de Segurança do RN
À esquerda, o secretário Ronaldo Lundgrenn (Foto: PM-RN)
0

Após ocorrências envolvendo transportes coletivos na tarde desta sexta-feira (29) em Natal e Região Metropolitana, os secretários da Segurança do Rio Grande do Norte, Ronaldo Lundgren, e da Justiça e Cidadania (Sejuc), Wallber Virgolino, concederam uma entrevista coletiva na sede da Sesed para detalhar as medidas que estão sendo adotadas no combate aos criminosos.

De acordo com o titular da Secretaria de Segurança, desde o início da tarde, após o primeiro registro de um ônibus incendiado em Macaíba, o efetivo das forças de segurança foi aumentado em pontos estratégicos. “Ocupamos diversos pontos que foram identificados que poderiam trazer esse tipo de situação para áreas bem povoadas. Aumentamos a presença da tropa e a ostensividade. Ativamos diversas delegacias de polícia e tropas especiais também, inclusive no interior”.

Ronaldo Lundgren voltou a defender que a população continue com sua rotina. “Pedimos que a população mantenha a rotina, mesmo que com algumas precauções. Quem estiver parando suas atividades, retorne, pois não podemos ficar reféns desse tipo de ameaça”.

Por fim, o secretário da Segurança reafirmou que o Estado continuará combatendo de forma firme a criminalidade. “Essa reação (dos criminosos) é uma reação de quem está se vendo acuado, se vendo sob controle. Não há crime organizado, as quadrilhas são fracas, desorganizadas. O Estado é mais forte. Eles podem causar tumulto? Podem sim, mas não podem enfrentar aquilo que o Rio Grande do Norte tem para fazer”.

A Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejuc) investiga se os casos ocorridos nesta tarde têm relação com as medidas de segurança adotadas nos presídios do Estado, como a instalação de equipamentos bloqueadores de celular no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP).

Vale ressaltar, ainda, que em nenhuma das ocorrências houve feridos. Além disso, algumas pessoas foram detidas para averiguação após serem flagradas com um recipiente de combustível vazio.

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!