Home Notícias Esporte Fórmula 1 Após acidente, Alonso é proibido de disputar GP do Bahrein

Após acidente, Alonso é proibido de disputar GP do Bahrein

Publicidade

Após acidente, Alonso é proibido de disputar GP do Bahrein
Fernando Alonso (Foto: Divulgação)
0
Publicidade

(ANSA) – Após sofrer um grave acidente durante o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso foi proibido de disputar a próxima etapa do campeonato, o GP do Bahrein, neste final de semana.

“Após um exame feito nesta manhã no Centro Médico do Circuito Internacional do Bahrein, ficou decidido que o piloto Fernando Alonso da McLaren Honda não poderá participar do fim de semana no GP do Bahrein. Dois exames de tomografia do tórax foram comparados e ficou decidido que há uma resolução insuficientes de sinais que o permitam correr em condições seguras”, emitiu em comunicado a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta quinta-feira (31). Segundo o órgão, um novo exame será realizado antes do GP da China, que ocorre entre os dias 15 e 17 de abril, para permitir que ele dispute a etapa.

Através de seu Instagram, Alonso afirmou que “entende a posição dos médicos da FIA” e que agora irá “ajudar com todas as suas forças” seu substituto, o novato Stoffel Vandoorne. “Tentei de tudo até o último minuto para correr no Bahrein depois do acidente da Austrália, foram dias duros, logicamente, após um impacto tão grande e pensava só em ajudar a equipe depois do trabalho incrível que fizeram essa semana”, escreveu o espanhol.

O fato de Alonso ter saído do acidente espetacular sem nenhuma grande lesão foi considerado um milagre por vários médicos que lidam com o esporte. O carro ficou praticamente destruído após a colisão com Esteban Gutiérrez que ocorreu a 312km/h.

Também através das redes sociais, Vandoorne comemorou o fato de estrear “antes do esperado” na principal categoria do automobilismo.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!