Após 252 dias em queda, nível do Sistema Cantareira sobe

O nível do Sistema Cantareira subiu de 6,7%, na terça-feira (23), para 7% nesta quarta (24), devido à chuva que chegou a 52,4 milímetros (mm). Há 252 dias, o sistema vinha registrando quedas, onde o último registro de elevação ocorreu em abril de 2014.

De acordo com os dados da Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo (Sabesp), o índice pluviométrico em dezembro foi 140 mm, enquanto a média histórica é 220.9 mm. O Cantareira já trabalha com a segunda cota da reserva técnica.

Com a chuva, o nível de mais cinco mananciais que abastecem a região metropolitana da capital também teve elevação. No Alto Tietê, passou de 10,5% para 11,1%; no Sistema Guarapiranga, o nível passou de 36,6% para 38,3%, com 22,2 mm; no Alto Cotia, o nível passou de 30,2% para 31,5%; no Sistema Rio Grande o nível de água armazenado passou de 66,7% para 69,0%, com o índice de chuva chegando a 26,2 mm e, no mês, a 195 mm e no reservatório de Rio Claro, o nível ficou em 32% nesta quarta-feira (24), enquanto na terça-feira (23) estava em 25,8%.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!