Após 17 anos, Xavi anuncia que sairá do Barcelona

(ANSA) – O meia Xavi Hernández, 35 anos, anunciou que deixará o Barcelona ao final desta temporada, após 17 anos atuando no clube catalão. “Foi uma decisão muito difícil, custou muito para que eu decidisse, mas acredito que seja o momento”, disse o atleta nesta quinta-feira (21). Uma das lendas do futebol espanhol e jogador que mais atuou na época em que o Barça ganhou tudo que disputou, Xavi era considerado o “cérebro” do time montado pelo treinador Pep Guardiola.

Com os catalães, o habilidoso meia – que é o que mais disputou partidas pela esquadra, com 751 jogos – conquistou 23 títulos: oito campeonatos nacionais, três Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clube, seis Supercopas da Espanha, duas Copas do Rei e duas Supercopas da Europa. Já com a seleção espanhola, Xavi faturou uma Copa do Mundo e duas Eurocopas. Mas, mesmo anunciando sua despedida do Barcelona, o atleta afirmou que irá voltar à equipe “como treinador, assistente técnico, qualquer coisa”. Ele ainda confirmou que sua atual equipe fez uma oferta para que ele estendesse o contrato até 2018.

“Fizeram-me uma oferta muito boa, mas acredito que seja o momento de sair. É muito difícil porque amo esse clube. Nós jogamos um futebol fantástico e vai ser muito ruim continuar a jogar sem o Leo, Andres, Pedro”, acrescentou. Agora, ele irá disputar seus últimos dois anos de carreira na equipe do Al-Sadd, do Catar, e atuará como embaixador da Copa do Mundo de 2022 no país. Segundo a mídia catalã, o Al-Sadd ofereceu um salário de 10 milhões de euros (pouco mais de R$ 33 milhões) ao ano.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!