Home Concurso Público ANP, Anac e ANS devem divulgar editais de concursos ainda este ano

ANP, Anac e ANS devem divulgar editais de concursos ainda este ano

Publicidade

ANP, Anac e ANS devem divulgar editais de concursos ainda este ano
0
Publicidade

Os concurseiros terão boas oportunidades ainda no final deste ano. Três agências federais têm até dezembro para divulgar os editais de seus certames: Agência Nacional do Petróleo (ANP), Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

As três agências receberam a autorização do Ministério do Planejamento para realizar os concursos no dia 24 de junho deste ano. O Ministério estipula um prazo de até seis meses para que o edital e demais documentos que oficializem a abertura dos certames sejam divulgados. Nesse caso, as entidades devem divulgar esse material até, no máximo, 24 de dezembro.

A ANP divulgou a escolha da Cesgranrio como a banca organizadora da seleção do órgão. Serão 34 vagas, 14 destinadas ao cargo de técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural e 20 para a carreira de técnico administrativo. O salário inicial para o cargo de técnico administrativo, que exige certificado de nível médio, é de R$ 6.062,52, em caso de 80 pontos de gratificação de desempenho de atividade técnico administrativa em regulação (GDATR), e de R$ 6.707,52 em caso de 100 pontos. Para o posto de técnico em regulação, que requer ensino médio e curso técnico em áreas específicas, o vencimento é de R$ 6.330,62 para 80 pontos e de R$ 7.042,52 para 100 pontos. A ANP possui sede no DF, RJ, SP, BA, AM, RS e MG

A Escola de Administração Fazendária (Esaf) foi contratada pela Anac, para realizar o concurso da instituição. Estão previstas 150 vagas, para os níveis médio e superior. As oportunidades serão para os cargos de técnico administrativo (15), técnico em regulação de aviação civil (45), especialista em regulação de aviação civil (65) e analista administrativo (25).

As funções de técnico em regulação de aviação civil e técnico administrativo requerem nível médio. Os salários são de R$ 6.330,52 e R$ 6.062,52, respectivamente. Já para concorrer aos cargos de analista administrativo e especialista em regulação civil é preciso ensino superior em qualquer área de atuação, exceto para alguns cargos de especialista, que podem solicitar curso específico. A remuneração atual para analistas é de R$ 11.444,29 e o de especialista, R$ 12.347,49. Nos vencimentos de todas essas carreiras da Anac já está incluso o auxílio-alimentação no valor de R$ 373. A lotação das vagas ainda não foi definida, mas as cidades que possuem uma unidade regional da Agência são: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Recife (PE). A Anac também tem núcleos regionais nos Estados do Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte (fica localizada no Aeroporto Internacional de Natal – Governador Aluísio Alves), Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Santa Catarina, além do Distrito Federal.

Já o concurso da ANS terá a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) como a banca organizadora. Serão 66 vagas para a função de técnico administrativo, que requer nível médio e oferece remuneração de R$ 6.062,52 e 36 para técnico em regulação de saúde suplementar, que exige curso técnico em áreas específicas e cujo salário é R$ 6.330,52. Na última seleção da ANS, realizada em 2013, a concorrência geral foi de 478 candidatos por vaga. ANS conta com 12 núcleos: Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Ribeirão Preto/SP, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA e São Paulo/SP.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!