Alemanha abre inscrições para o Green Talents 2017 e busca talentos da pesquisa no Brasil

O Ministério Federal da Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF) realiza a nona edição da competição “Green Talents – Fórum internacional de projetos com alto potencial para a inovação e sustentabilidade”. Desde 2009, a iniciativa tem o objetivo de promover o intercâmbio internacional de ideias sustentáveis e ecologicamente inovadoras. Com centros de pesquisa e inovação de ponta, a Alemanha dá apoio especial a esses esforços ao intensificar a cooperação internacional entre as mentes brilhantes mais promissoras de todo o mundo.

O prêmio, que tem como patrona a Ministra Profª Johanna Wanka, contempla 25 jovens pesquisadores a cada ano. Os vencedores vêm de vários países e disciplinas científicas e são reconhecidos pela capacidade inovadora de suas iniciativas, que objetivam tornar a sociedade mais sustentável. Desde a sua criação, o prêmio já reconheceu 182 jovens pesquisadores e cientistas de 51 países diferentes, devido aos seus excelentes desempenhos e contribuições para que as suas comunidades, países e sociedades sejam mais sustentáveis.

Neste ano, o tema do concurso é “Produção e Consumo Sustentáveis“. Essas questões, bem como os desafios enfrentados pelo meio ambiente em geral, exigem cooperação científica internacional. No entanto, a competição permanece aberta a todas as áreas, oferecendo chances iguais de êxito aos participantes. “O contato de longa duração entre especialistas experientes e futuros talentos tem um importante papel a desempenhar aqui. É por isso que a competição Green Talents busca criar uma rede ampla e interdisciplinar de especialistas em ciências e indústrias para que eles trabalhem em conjunto em cima dos objetivos fundamentais de moldar o futuro, transformar os desafios globais em oportunidades e criar condições habitáveis e decentes para todos”, afirma a ministra da educação e pesquisa da Alemanha, Profª Johanna Wanka.

Todos os anos, os pesquisadores brasileiros têm se destacado no concurso com projetos na área da sustentabilidade. Em 2016, um júri de especialistas do país selecionou para a edição 25 cientistas promissores entre 757 candidatos de mais de 104 países e dois brasileiros se destacaram na competição alemã com pesquisas no âmbito do manejo de animais silvestres  e mudanças climáticas. Hani Rocha El Bizri, 29, mestrando em Saúde e Produção Animal pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e pesquisador associado do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), apresentou uma iniciativa focada na sustentabilidade da caça na Amazônia. Já Marina Demaria Venâncio, 23, estudante de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), teve como foco de sua pesquisa as interconexões entre mudanças climáticas, agricultura e os sistemas alimentares sob uma perspectiva do direito, com ênfase nas políticas públicas agroecológicas brasileiras e suas implicações jurídicas. No total, 15 brasileiros venceram a competição desde o lançamento da iniciativa, em 2009.

Selecionados por um júri de especialistas alemães de alto prestígio, os vencedores também ganham acesso exclusivo à elite da área da pesquisa na Alemanha.

A premiação de 2017 inclui:

– Convite para visitar a Alemanha em 2017 e participar do fórum científico com duração de duas semanas, com todas as despesas pagas. Durante a visita, os vencedores terão acesso a instituições de pesquisa e ciência de ponta, que oferecem visões únicas dos trabalhos desenvolvidos por elas;

– Os vencedores terão oportunidade de apresentar os seus trabalhos pessoalmente, em reuniões individuais com especialistas de sua escolha (durante o fórum científico de duas semanas) para discutir oportunidades de investigação e cooperação;

Oportunidades de networking com os demais acadêmicos na maior conferência dos Green Talents Alumni, durante a cerimônia de premiação em Berlim;

– Estadia de pesquisa com duração de até três meses em 2018, totalmente custeada, em instituição da escolha do vencedor;

– Acesso exclusivo à “Rede Green Talents”, composta por alunos de diversos países que atuam no segmento de desenvolvimento sustentável.

O prazo para envio de candidaturas é até 23 de maio de 2017, às 12h00 CET (Horário da Europa Central), no site do projeto.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!