Home Notícias Saúde Adicionar açúcar no café gera efeitos variados, afirma estudo

Adicionar açúcar no café gera efeitos variados, afirma estudo

Adicionar açúcar no café gera efeitos variados, afirma estudo
Foto: divulgação
0

Observando que as taxas de consumo de cafeína estão devidamente mais altas e também o aumento veloz de ocorrência de diabetes tipo 2, com isso uma equipe de pesquisa da Universidade de Tecnologia de Auckland na Nova Zelândia decidiu estudar se açúcar faz diferença na forma como o corpo responde ao café.

Em uma pequena pesquisa, foi preciso conseguir 12 participantes que tomaram café (de estômago vazio) contendo 1,33 mg de cafeína por cada quilo de seus respectivos pesos corporais. Em outro dia, receberam a mesma quantidade de café com 0,4 grama de açúcar por quilo de peso corporal, e em um terceiro dia receberam somente açúcar.

Meia hora antes e após cada teste de consumo de café, os pesquisadores mediram a troca de gás respiratório através de cada participante e anotaram seu pulso.

Analisaram as respostas dos participantes usando técnicas de visualização de dados e descobriram que ingerir café sem acrescentar açúcar diminuiu os batimento cardíacos em oito participantes, mas nos quatro participantes restantes com certeza não viram nenhuma mudança .

Consumir açúcar sozinho aumentou o batimento cardíaco em oito participantes e não afetou o mesmo número nos quatro restantes. Beber café com açúcar mostrou umas das mais variadas respostas na taxa de batimentos cardíacos em um participante e baixou em cinco outros, ao passo que nos seis restantes não houve alteração.

A produção de dióxido de carbono ou aumentou ou não mudou durante os três tratamentos. Ocasionado pelas respostas fisiológicas variadas no grupo pequeno, que foram publicadas no Journal of Caffeine Research, a equipe diz que uma investigação sobre o consumo frequente de cafeína e açúcar é necessário.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!