Acesso ao Aeroporto de S.G. do Amarante inclui terceira ponte sobre rio Potengi

Considerada uma das principais obras de mobilidade urbana do Rio Grande do Norte, o projeto do acesso sul ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na zona Metropolitana de Natal, contempla uma terceira ponte sobre o Rio Potengi, com recursos já assegurados dentro de um projeto de R$ 76,3 milhões, com R$ 23,1 milhões já investidos até o momento.

Atualmente, a nova estrutura passa pela fase de concretagem das vigas, com 10 dos 18 tubulões (um tipo de fundação profunda de concreto de onde saem os pilares da ponte) já prontos. A ponte desviará o tráfego pesado da zona Norte de Natal com opção de utilizar a Reta Tabajara (BR 304) para acessar Parnamirim, Goianinha, Pipa, Mossoró, João Pessoa e Fortaleza em auto pista duplicada.

Além desta ponte, uma outra está planejada, mas dessa vez sobre o Rio Jundiaí. O Governo do RN já tem o projeto executivo da ponte que integra a RN 160, com restauração de 16 km, com a BR 226.

A proposta é incluir a ponte no RN Sustentável, projeto multissetorial desenvolvido pelo Banco Mundial no estado. A licitação e a licença ambiental estão em curso. O valor global é de R$ 43 milhões, incluindo a restauração dos 16 km, como explicou o diretor geral do Departamento Estadual de Estrada de Rodagem.

“O projeto beneficiará muito diretamente São Gonçalo do Amarante e Macaíba, que já atingiu a circulação de 20 mil veículos por dia.Estamos otimistas com a possibilidade de liberação dos recursos”, declarou Ernesto Fraxe.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!