Home Notícias Educação Abertas inscrições para mais de 2 mil bolsas de doutorado-sanduíche no exterior

Abertas inscrições para mais de 2 mil bolsas de doutorado-sanduíche no exterior

Publicidade

Abertas inscrições para mais de 2 mil bolsas de doutorado-sanduíche no exterior
0
Publicidade

Estão abertas, a partir desta terça-feira (12), as inscrições para duas mil novas bolsas do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE). A iniciativa permite que estudantes regularmente matriculados em cursos de doutorado no Brasil realizem parte do curso em instituição no exterior.

Para participar do programa, os interessados precisam comprovar qualificação para usufruir, no exterior, da oportunidade de aprofundamento teórico e desenvolvimento parcial da parte experimental da tese a ser defendida no Brasil. Todas as áreas do conhecimento dos 2.185 cursos de doutorado estão contempladas.

Os alunos beneficiados têm direito à mensalidade, seguro-saúde, auxílio deslocamento, auxílio instalação e adicional localidade, quando for o caso. É possível estudar fora do País entre 4 e 12 meses.

Cada programa de doutorado no Brasil fará jus a uma cota para o ano de 2017, o que equivale a 12 mensalidades. A quantidade de bolsistas pode variar, conforme o interesse da coordenação do programa nas instituições de ensino superior.

Requisitos necessários:

  • Estar regularmente matriculado em curso de doutorado no Brasil com notas de 3 a 7 na avaliação da Capes;
  • Apresentar candidatura individual;
  • Não acumular a bolsa de doutorado sanduíche no exterior com outras bolsas no Brasil provenientes de recursos da Capes e/ou de outras agências de fomento que utilizem recursos do Tesouro Nacional;
  • Não ter sido contemplado com bolsa de Doutorado Sanduíche no exterior neste ou em outro curso de doutorado realizado anteriormente;
  • Não ultrapassar período total do doutorado, de acordo com o prazo regulamentar do curso para defesa da tese;
  • Ter integralizado um número de créditos referentes ao programa de doutorado no Brasil que seja compatível com a perspectiva de conclusão do curso, em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior;
  • Ter obtido aprovação no exame de qualificação.
Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!